🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

Postagens atribuem fotos antigas ao acidente de avião do time Palmas

Por Luiz Fernando Menezes

26 de janeiro de 2021, 11h54

Publicações que circulam nas redes sociais (veja aqui) enganam ao compartilhar fotos de acidentes aéreos passados como se fossem da queda da aeronave que matou seis pessoas, incluindo quatro jogadores do time Palmas Futebol e Regatas, no domingo (24). Por mais que uma das imagens, de fato, mostre o desastre atual, as outras fotos foram registradas em situações diferentes.

Compartilhadas principalmente no Facebook, galerias que misturam fotos fora de contexto com o registro real da queda reuniam ao menos 6.000 compartilhamentos até a tarde desta terça (26). Todas foram marcadas com o selo DISTORCIDO na ferramenta de verificação da rede social (saiba como funciona).


Quatro jogadores do time Palmas Futebol e Regatas, o presidente da agremiação e um piloto morreram no último domingo (24) com a queda de uma aeronave na cidade de Porto Nacional (TO). Logo após o acidente, passaram a circular nas redes sociais supostas imagens que mostrariam o estado do avião, o resgate dos tripulantes ou até representações da queda. As galerias, no entanto, misturam imagens reais do caso com outras que foram registradas em ocasiões diferentes.

Imagens descontextualizadas. Das quatro imagens que vêm sendo compartilhadas, três não retratam o acidente ocorrido no último domingo.

A primeira foto descontextualizada é a que mostra um avião caído no meio de uma propriedade rural. A imagem, que não tem indicação de autoria, é do começo de janeiro deste ano, quando uma aeronave que tinha saído do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, caiu em Diamantina (MG). Dos quatro tripulantes, três tiveram ferimentos leves e o outro saiu ileso, segundo o G1.

Outra imagem que foi tirada de contexto é a que mostra uma equipe de bombeiros no local de um acidente. A foto, na verdade, foi registrada após a queda do avião que matou o empresário Adolfo Geo, sua esposa, Margarida Geo, e a equipe da aeronave em novembro de 2018 em Jequitaí (MG).

Por fim, a representação gráfica que vem sendo compartilhada também não ilustra o acidente ocorrido no último sábado. A imagem, feita em 3D pelo modelista R_Lan, está disponível no banco de imagens Shutterstock desde 2013. Além disso, a aeronave que aparece na ilustração tem quatro motores e tamanho muito superior ao do bimotor Baron, fabricado pela Beechcraft, que levava os jogadores do Palmas, que tem capacidade máxima de seis passageiros.

Imagem real. A única foto que de fato registra o acidente ocorrido no último domingo é a que mostra uma parte do avião exalando fumaça em um matagal. A imagem foi veiculada originalmente em uma reportagem da Band News.

O caso. A queda do avião ocorreu logo após a decolagem da pista da ATA (Associação Tocantinense de Aviação), na manhã do domingo. Ainda não há informações sobre as causas do acidente, mas uma equipe do Seripa (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) foi acionada para investigar o caso.

Segundo o G1, morreram no acidente os jogadores Ranule, Lucas Praxedes, Noé e Marcus Molinari, o presidente do time, Lucas Meira, e o piloto Wagner Machado Júnior.

Referências:

1. G1 (Fontes 1, 2, 3 e 4)
2. Shutterstock
3. Band News

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.