Postagem de 30 de abril de 2022 mente ao dizer que Ivete Sangalo morreu

Por Priscila Pacheco

3 de maio de 2022, 13h41

Não é verdade que a cantora baiana Ivete Sangalo morreu, como dizem postagens publicadas em 30 de abril que usam como referência um texto enganoso de outubro do ano passado (veja aqui). A assessoria de imprensa da artista desmentiu o anúncio. Além disso, Sangalo fez um show nesta data em Jericoacoara (CE), e mantém suas redes sociais atualizadas.

A desinformação conta com centenas de compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (3).


Selo falso

LUTO: Chega ao fim carreira de Ivete Sangalo aos 49 anos; Havia passado mal e acabou falecendo

Publicação falsa diz que Ivete Sangalo morreu

Postagens nas redes sociais do dia 30 de abril mentem ao dizer que a cantora baiana Ivete Sangalo passou mal e morreu. A assessoria de imprensa da artista desmentiu a alegação.

Na sexta-feira (29), a cantora se apresentou no Baile da Vogue, no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro (RJ). No sábado (30), Sangalo fez show em Jericoacoara (CE), e postou imagens do evento em sua conta oficial do Facebook. O portal PopLine publicou em seu perfil oficial no Instagram, no mesmo dia, uma entrevista feita com Sangalo antes do show sobre os trabalhos da cantora. Ela também mantém sua conta no Instagram atualizada.

A desinformação usa como referência um texto publicado em outubro do ano passado que, apesar de anunciar a morte da cantora no título, fala do falecimento do maestro e compositor Letieres Leite. O músico era amigo de Ivete, trabalhou em sua banda e participou da gravação de oito discos. O Aos Fatos não localizou o contato do site que originou o boato para questionar sobre a publicação.

Referências:

1. GShow (Fontes 1 e 2)
2. Portal Pop Line
3. Facebook Ivete Sangalo
4. Instagram Ivete Sangalo
5. Folha de S. Paulo


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.