🕐 ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA EM Outubro de 2022. INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE TEXTO PODEM ESTAR DESATUALIZADAS OU TEREM MUDADO.

Não é verdade que Pardal, aplicativo do TSE, impede denúncias contra o PT

Por Bruna Leite

28 de outubro de 2022, 15h06

Não é verdade que o aplicativo Pardal, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), impede denúncias de propaganda irregular contra o PT, como sustentam posts. Como o partido hoje integra uma federação com o PCdoB e o PV, a Brasil da Esperança, e Lula (PT) concorre em uma chapa com esse mesmo nome, as reclamações devem ser encaminhadas por meio das seções de federação ou coligação da ferramenta, não na de partido, segundo a corte eleitoral.

Postagens com a alegação enganosa reuniam ao menos 100 mil compartilhamentos no Facebook nesta sexta-feira (28) (fale com a Fátima).


Selo falso

Sabia que não tem como denunciar propaganda irregular do PT pelo aplicativo da Justiça Eleitoral?

Reprodução de postagem enganosa que afirma que é proibido denunciar o PT pelo aplicativo Pardal

Não é verdade que o Pardal, aplicativo do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para denúncias de propaganda eleitoral irregular, não permite reclamações contra o PT. A sigla não aparece na seção partido da ferramenta porque hoje integra uma federação com o PCdoB e o PV, a Brasil da Esperança. Logo, a denúncia deve ser efetuada por meio da aba federação.

Já denúncias contra a chapa Lula-Alckmin, que também se chama Brasil da Esperança, devem ser enviadas pela seção coligação, de acordo com o TSE.

A regra vale também para denúncias contra a chapa de Jair Bolsonaro (PL). É preciso ir na aba coligação e, depois, selecionar Coligação Pelo Bem do Brasil.

Referências:

1. TSE (1 e 2)
2. Poder 360

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.