ABr

🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

Odebrecht cita repasses eleitorais a políticos que não se candidataram

Por Tai Nalon e Julianna Granjeia

24 de março de 2016, 17h12

Em registros de contabilidade apreendidos pela Polícia Federal na Operação Acarajé e divulgados nesta quarta-feira (23), a construtora Odebrecht cita repasses eleitorais de 2012 a políticos que não se candidataram àquele pleito. As informações foram analisadas por "Aos Fatos", que cruzou os dados da lista, em parceria com o UOL, com registros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Leia mais aqui.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.