Reportagem sobre presença no Brasil de navio russo suspeito de espionagem é de 2020

Por Priscila Pacheco

15 de março de 2022, 16h24

Não é recente, como sugerem postagens nas redes sociais (veja aqui), uma reportagem que mostra um navio russo suspeito de espionagem na costa brasileira. As cenas foram veiculadas no Jornal da Band em 21 de fevereiro de 2020 e estão disponíveis no canal da emissora no YouTube desde aquela data. De acordo com a reportagem, a embarcação chegou ao Rio de Janeiro após sumir do alcance de radares.

O conteúdo descontextualizado conta com ao menos 5.200 compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (15). No TikTok, as postagens alcançam pelo menos 2.977 curtidas.


Selo distorcido

Reportagem sobre navio russo de 2020 compartilhada como atual

É de 21 fevereiro de 2020, e não recente, a reportagem da TV Band sobre a passagem de um navio russo pela costa brasileira que aparece em postagens nas redes sociais. No mesmo dia, a emissora publicou a notícia em seu canal no YouTube.

Segundo o Jornal da Band, o navio Yantar foi detectado na zona econômica exclusiva do Brasil no dia 10 de fevereiro daquele ano, mas sumiu do alcance de radares e não respondeu a um contato da Marinha brasileira. A embarcação foi localizada novamente no dia 16 e chegou ao Rio de Janeiro dois dias depois, tendo passado perto da área do pré-sal e de cabos de transmissão de internet. O caso também foi noticiado por Estadão e R7.

O Yantar é conhecido por ter sensores de tecnologia avançada capazes de mapear o fundo do mar com precisão. A embarcação também já foi suspeita de espionar os Estados Unidos em 2015. De acordo com funcionários do Pentágono, russos estariam coletando informações de submarinos americanos para copiar a tecnologia.

No dia 21 de fevereiro de 2020, a Marinha brasileira disse em nota que a Adidância Militar da Rússia, responsável pela comunicação da passagem de navios de guerra e de Estado daquele país, havia pedido autorização para a embarcação parar no Brasil e que ela seguiu todos os protocolos. O Yantar tinha como destino o porto de Lisboa, em Portugal.

Não foram encontradas notícias recentes sobre navios como o Yantar em território brasileiro ou suspeita de espionagem. No dia 4 de março, um navio russo da empresa Acron partiu rumo ao Brasil, mas para entregar uma carga de fertilizantes. Não há informações sobre a localização atual do Yantar, que foi visto pela última vez em outubro de 2021, no Mar do Norte.

A peça de desinformação também foi checada pelo Estadão Verifica e Agência Lupa.

Referências:

1. Band (Fontes 1 e 2)
2. Pré-sal petróleo
3. Estadão
4. R7
5. The New York Times
6. BBC
7. Marinha (Fontes 1 e 2)
8. CNN Brasil
9. Acron
10. Vessel Finder


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.