🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

Não houve saques em supermercados de São Vicente por causa do coronavírus

Por Luiz Fernando Menezes

25 de março de 2020, 17h53

É antiga a notícia de que lojas e supermercados na cidade de São Vicente, no litoral paulista, foram saqueados. A desinformação tem origem numa reportagem da TV Tribuna de junho de 2013 e vem sendo compartilhada nas redes sociais por perfis bolsonaristas para defender o fim do isolamento social por causa do novo coronavírus.

Publicações usam reproduções da reportagem de 2013, que é verdadeira, mas afirmam enganosamente que o saque ocorreu recentemente, em decorrência da pandemia. Esses posts já registravam mais de 3.500 compartilhamentos no Facebook até o final da tarde desta quarta-feira (25). Todas as publicações foram marcadas com o selo DISTORCIDO na ferramenta de verificação da rede social (saiba como funciona), que é quando uma informação verdadeira é tirada do seu contexto original.


DISTORCIDO

Coronavírus: mercados e lojas são saqueados em São Paulo; tudo foi levado

Fora de contexto, uma notícia de 2013 sobre invasões e saques em mercados e lojas São Vicente (SP) vem sendo compartilhada por perfis bolsonaristas nas redes sociais para defender o fim do isolamento social. Ao clicar no link divulgado pelas publicações, o usuário é direcionado à uma reportagem real da TV Tribuna que foi veiculada no dia 20 de junho de 2013, como pode ser verificado na aba “Mais informações”.

Na época, manifestações contra o aumento da passagem de ônibus aconteciam em diversas cidades de São Paulo. Os protestos ocorreram em diversos dias e, em muitos casos, foram registrados atos de vandalismo, violência e confronto com a polícia. Em São Vicente, os manifestantes também foram responsáveis por incendiar ônibus.

Aos Fatos procurou relatos na imprensa de saques na última semana e encontrou registro de um arrastão em um estabelecimento na zona leste da capital paulista no dia 14 de março. Segundo o jornal Agora, um grupo entre 20 e 30 pessoas saquearam um supermercado, levando produtos como cigarros, chocolates e bebidas.

Referências:

1. G1
2. IG
3. UOL
4. Agora


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.