Não é verdade que Renan Calheiros elogiou Bolsonaro em conversa vazada pela Lava Jato

Por Marco Faustino

5 de outubro de 2021, 14h13

É falso que o senador Renan Calheiros (MDB-AL) tenha elogiado o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em uma conversa com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, vazada pela operação Lava Jato. A imagem que circula nas redes sociais (veja aqui) é uma montagem que insere declarações enganosas dos dois em cima da reprodução de uma reportagem da Globo de 2016 sobre o vazamento dos telefonemas. Bolsonaro não é citado nos diálogos que vieram à tona nem na delação de Machado.

Este conteúdo enganoso acumulava ao menos 204.000 compartilhamentos em publicações no Facebook nesta terça-feira (5).


Não é real o diálogo que circula nas redes sociais em que o ex-presidente da Transpetro afirma que "tá todo mundo f…., não se salva ninguém. Todos os partidos, deputados e senadores, se salvar algum, só aquele cara lá" e o senador Renan Calheiros (MDB-AL) responde que "verdade, só o Bolsonaro mesmo. Ele nunca quis se envolver com isso, nunca pegou dinheiro de empresas...".

A conversa é uma montagem que utiliza uma representação gráfica feita pela TV Globo (veja abaixo), em maio de 2016, para divulgar trechos de conversas com o parlamentar, que gravadas e vazadas por Machado.


Comparativo. Imagem compara a representação gráfica exibida pela TV Globo (à esq.) com a montagem que circula nas redes (à dir.).

Na época, o ex-presidente da Transpetro negociava um acordo de delação premiada e gravou uma conversa com o senador, que apoiava uma mudança na lei para impedir que um preso se tornasse um delator. Os diálogos também foram divulgados pela Folha de S. Paulo (confira aqui e aqui).

Em determinado momento, Calheiros fala sobre uma delação da Odebrecht que iria "mostrar as contas", em uma suposta referência à campanha de Dilma Rousseff (PT). Machado responde que “não escaparia ninguém”, de nenhum partido. "Do Congresso, se sobrar cinco ou seis, é muito. Governador, nenhum”, disse. Em nenhum momento da conversa há menção ao nome de Jair Bolsonaro, que na época era deputado federal.


Vazamento. Machado em nenhum momento cita Bolsonaro em conversa com Renan Calheiros.

Aos Fatos também verificou que não houve qualquer citação ao nome de Bolsonaro no acordo de delação premiada de Sérgio Machado, homologado no fim de maio de 2016 (confira aqui e aqui).

A assessoria de Renan Calheiros afirmou ao Aos Fatos que ele nunca mencionou Bolsonaro em conversas com o ex-presidente da Transpetro.

Esta peça de desinformação já foi checada por AFP Checamos, Fato ou Fake e Lupa.

Referências:

1. Globoplay
2. Folha de SP (Fontes 1 e 2)
3. Migalhas (Fontes 1 e 2)


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos do Facebook. Veja aqui como funciona a parceria.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.