Não é verdade que passeio de moto de Bolsonaro entrou para o Guinness Book

Por Luiz Fernando Menezes

30 de dezembro de 2021, 17h07

Em vídeo que circula nas redes sociais, um homem engana ao afirmar que o passeio de motos promovido pelo presidente Jair Bolsonaro em São Paulo neste ano bateu recorde e entrou no Guinness Book (veja aqui). A editora da publicação informou que não avalia eventos que tenham teor político e a motociata na capital paulista também não foi o maior agrupamento de motocicletas já registrado no Brasil.

A informação enganosa acumulava ao menos 6.000 compartilhamentos em postagens no Facebook nesta quinta-feira (30). A peça de desinformação também circula no Kwai.


Selo falso

Maior motociata do planeta que entrou para o Guinness Book.

O passeio de motos que aparece no vídeo checado não entrou para o Guinness Book como a “maior motociata do planeta”, como alegam as postagens checadas. As imagens mostram uma manifestação de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL) ocorrida em junho em São Paulo que reuniu entre 6.000 e 12 mil veículos, e que não consta no livro dos recordes.

Em checagem anterior, a editora do Guiness Book explicou ao Aos Fatos que não aceita tentativas de quebras de recordes com teor político e que não permite o uso da marca.

De acordo com a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), 12 mil veículos participaram do ato mostrado no vídeo. As praças de pedágio, segundo a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), registraram um número menor de motocicletas: foram 6.661 no pedágio de Campo Limpo, entre 11h e 12h30, e 6.216 no pedágio de Caieiras, entre 12h26 e 13h31.

Outros eventos com desfiles de motos, tanto no Brasil quanto no exterior, reuniram mais veículos do que isso. A Capital Moto Week, realizada em Brasília em 2019, teve a presença de 45 mil motocicletas e é considerada o maior evento do tipo na América Latina. Nos EUA, o Sturgis Motorcycle Rally reuniu mais de 730 mil motociclistas em 2015, segundo o site Living the Dream.

A AFP Checamos também desmentiu essa peça de desinformação.

Referências:

1. Twitter (@jairbolsonaro)
2. Aos Fatos
3. Guinness World Records
4. Globoplay
5. Living the Dream


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.