🕐 ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA EM Outubro de 2022. INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE TEXTO PODEM ESTAR DESATUALIZADAS OU TEREM MUDADO.

Não é verdade que eleitores do Espírito Santo já votaram para o segundo turno

Por Priscila Pacheco

4 de outubro de 2022, 17h43

Não é verdade que eleitores do Espírito Santo já tenham votado para o segundo turno, como dizem postagens que circulam nas redes sociais com fotos de comprovante de votação (veja aqui). Segundo o TRE-ES (Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo), as imagens mostram um caderno de votação que estava com a impressão errada e foi descartado. A instituição também afirma que, ao mantê-lo intacto, a gráfica licitada não fez o descarte correto do material.

A postagem conta com centenas de compartilhamentos no Facebook e centenas de curtidas no Instagram nesta terça-feira (4). O conteúdo também tem sido compartilhado no WhatsApp, mas a plataforma não permite averiguar o alcance (fale com a Fátima).


Selo falso

Sabiam que tem gente que já votou no segundo turno?

Erro em caderno de votação compartilhado com a alegação falsa de que é voto antecipado no segundo turno

Postagens nas redes sociais enganam ao afirmar que algumas pessoas já votaram para o segundo turno marcado para o dia 30 de outubro. As peças desinformativas destacam a foto de comprovantes de votação de Pancas, no Espírito Santo, que correspondem a um caderno de votação que foi descartado por erro na impressão, segundo o TRE-ES (Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo).

O órgão explica que a gráfica contratada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por licitação detectou um erro numa prova de impressão dos cadernos de votação do Espírito Santo, mas fez o descarte incorreto ao manter o material intacto. Segundo a instituição, o cartório da 36ª Zona Eleitoral, em Pancas (ES), recebeu apenas um caderno de votação para cada turno.

Além de votar para presidente, os eleitores do Espírito Santo retornarão às urnas no dia 30 para escolher entre Renato Casagrande (PSB) e Manato (PL) para comandar o governo estadual. Não há indícios de fraude nas eleições deste ano.

Referências:

1. TSE
2. TRE-ES
3. G1


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.