É montagem foto de jornal com notícia de capotamento com ‘quatro pessoas e um gay’

Compartilhe

Não é verdade que o jornal Diário de Teófilo Otoni publicou uma reportagem com o título “carro capota com quatro pessoas e um gay”. Conforme Aos Fatos constatou via busca reversa, o título original, veiculado na edição impressa do dia 6 de março de 2014, dizia que o acidente havia ocorrido com “quatro pessoas e uma mulher” — na versão online, a manchete completa era “quatro pessoas e uma mulher morre”, o que indica um erro de impressão.

Publicações com a montagem acumulavam mais de 30 mil compartilhamentos no Facebook e centenas curtidas no Instagram até a tarde desta quinta-feira (3). As peças de desinformação também circulam no WhatsApp, plataforma em que não é possível estimar o alcance dos conteúdos (fale com a Fátima).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Jornal publicou que carro capotou com 'quatro pessoas e um gay'

Página de jornal com título ‘Carro capota com 4 pessoas e um gay’

Publicações têm compartilhado como se fosse real uma montagem com uma edição do Diário de Teófilo Otoni que mostraria uma reportagem com o título “carro capota com 4 pessoas e um gay”. O texto original, publicado na versão impressa do jornal do dia 6 de março de 2014, era intitulado, na verdade, “carro capota com 4 pessoas e uma mulher”.

Foto mostra jornal com título ‘carro capota com 4 pessoas e uma mulher’
Original. Registros do jornal impresso atestam que título original continua a palavra ‘mulher’ (Reprodução/Facebook)

O título, no entanto, parece ter sido fruto de um erro da equipe do jornal no momento da impressão: conforme pode ser verificado em um print registrado pelo site e-Farsas em 2014, a versão publicada no site do jornal tinha o verbo “morre” após a palavra “mulher”. (veja abaixo). O link original não se encontra mais ativo.

Versão online da notícia continha informação de que, das quatro pessoas envolvidas no acidente, uma mulher teria morrido.
Mulher morre. Título da versão online continha informação de que uma das mulheres que estava no carro morreu no acidente (Reprodução/e-Farsas)

O jornal noticiava que Augusta Fernandes de Oliveira morreu em um acidente na rodovia MG-217, próximo ao município de Malacheta (MG).

Memes. Desde a sua publicação, o título errado virou piada nas redes e têm sido usado para gerar memes: a palavra mulher é substituída por outros substantivos, como “maconheiro”, “coach” e torcedores de times diversos. A versão que trocou “mulher” por “gay”, no entanto, passou a circular como se fosse o título real.

Compartilhe

Leia também

Ações clandestinas da ‘Abin paralela’ realçam violências reais

Ações clandestinas da ‘Abin paralela’ realçam violências reais

falsoIdosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

Idosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

falsoLula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores

Lula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores