Montagem com fotos de 2017 é atribuída em posts a atos recentes pró-regime cubano

Por Marco Faustino

19 de julho de 2021, 16h44

Publicações nas redes sociais enganam ao veicular uma montagem com fotos de uma passeata em Cuba em 2017 como se fosse registro de um ato recente a favor do regime socialista da ilha (veja aqui). As duas imagens foram feitas durante uma marcha pelo Dia do Trabalhador naquele ano.

A montagem reunia ao menos 1.000 compartilhamentos em posts no Facebook até a tarde desta segunda-feira (19) e foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da plataforma ‌(‌saiba‌ ‌como‌ ‌funciona‌).


Uma montagem com duas fotos de uma marcha pelo Dia do Trabalhador em 2017, em Cuba, circula em postagens nas redes sociais atribuída falsamente aos recentes atos a favor do regime cubano. A passeata mostrada nas imagens foi organizada pelo governo da ilha em 1º de maio daquele ano.

Os registros foram feitos pelo fotógrafo Abel Padrón Padilla, da ACN (Agencia Cubana de Noticias). O primeiro (veja abaixo) traz uma vista panorâmica do ato em Havana.

Já o segundo (veja abaixo) destaca uma parte da multidão que ergue bandeiras, uma delas com os rostos dos irmãos Fidel e Raúl Castro, ex-presidentes de Cuba.

A peça de desinformação começou a circular após milhares de apoiadores do socialismo cubano terem ido às ruas da capital Havana, no sábado (17), como uma resposta aos protestos do domingo anterior (11) contra o governo do presidente Díaz-Canel.

Aos Fatos já desmentiu que um vídeo de comemoração na Argentina pelo título da Copa América seria registro das manifestações, e que uma foto antiga do ex-presidente Raúl Castro provava que ele fugiu para a Venezuela. O vídeo de uma manifestação no Haiti e a foto de uma passeata a favor do governo cubano em 2018 também foram difundidos de maneira enganosa nas redes.

Referências:

1. Vanguardia (Fontes 1 e 2)
2. ACN
3. La Demajagua
4. Poder 360
5. G1
6. Aos Fatos (Fontes 1, 2, 3 e 4)

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.