Miss Ucrânia 2015 não se juntou às forças armadas para lutar contra a Rússia

Por Marco Faustino

4 de março de 2022, 17h30

É falso que Anastasiia Lenna, eleita Miss Ucrânia em 2015, tenha se juntado às forças armadas do país para lutar contra a Rússia, como circula nas redes sociais (veja aqui). As postagens com a alegação enganosa compartilham uma foto da modelo com uma arma que foi publicada em seu perfil oficial no Instagram em 22 de fevereiro. No entanto, Lenna desmentiu a desinformação e afirmou que não é militar e que o rifle empunhado é de airsoft, jogo que usa armas de pressão.

Postagens com o conteúdo enganoso acumulavam ao menos 6.300 compartilhamentos no Facebook nesta sexta-feira (4).


Selo falso

Miss Ucrânia junta-se às forças armadas para lutar contra Rússia

Posts enganam ao dizer que ex-miss está em combate na Ucrânia

A Miss Ucrânia 2015, Anastasiia Lenna, não se juntou às forças armadas do país para lutar contra a Rússia, como afirmam postagens nas redes sociais. As publicações enganosas usam uma foto de seu Instagram de 22 de fevereiro, dois dias antes da invasão russa, em que ela aparece com uma arma na mão. No entanto, ela negou ser militar e afirmou praticar airsoft, jogo em que são usadas armas de pressão não letais.

O Aos Fatos também não encontrou registros de Lenna em situações de combate real ou do seu ingresso em forças de segurança ucranianas na imprensa ou em suas redes sociais. No passado, ela postou fotos com a mesma arma em situações esportivas (confira aqui, aqui e aqui).

Aos Fatos entrou em contato com Lenna e o Ministério da Defesa da Ucrânia, mas não obteve retorno.

Referências:

1. Instagram Anastasiia Lenna (Fontes 1, 2, 3, 4 e 5)


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.