Metrô de Nova York não exibiu anúncio que mostra Bolsonaro como Pinóquio

Por Marco Faustino

22 de setembro de 2021, 18h57

Não é verdade que uma estação do metrô de Nova York exibiu um anúncio que mostra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como Pinóquio, como afirmam publicações nas redes sociais (veja aqui). Trata-se de uma montagem feita sobre uma foto disponível na internet desde 2018. Além disso, propagandas de cunho político não são permitidas no sistema de transportes públicos da cidade.

O conteúdo enganoso acumula ao menos 32 mil compartilhamentos em publicações no Facebook nesta quarta-feira (22).


Metrô de New York. Só para termos a real dimensão da coisa.

Uma sequência de cartazes que caricaturiza o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como o personagem infantil Pinóquio, com as palavras liar, lousy e loser (mentiroso, nojento e perdedor, em inglês), vem sendo compartilhada nas redes como se tivesse sido exibida no metrô de Nova York, o que é falso. Trata-se de uma montagem feita a partir de uma foto disponível na internet desde julho de 2018, que não faz qualquer alusão a Bolsonaro.

Em nota, a MTA (Autoridade Metropolitana de Transporte), companhia responsável pelo transporte público em Nova York, afirmou ao Aos Fatos que não permite anúncios de cunho político no sistema de transportes da cidade e que não houve qualquer autorização para exposição de imagens críticas a Bolsonaro em espaços publicitários no metrô.

A foto original do painel publicitário é de autoria da designer gráfica Laura Panzo, que a transformou em um mockup, uma imagem feita para ser usada em simulações digitais de campanhas de publicidade. Aos Fatos verificou que a mesma imagem, porém com outras criações artísticas, é comumente usada como uma prévia da propaganda a clientes no metrô de Nova York (confira aqui, aqui e aqui).


Criações artísticas. Imagem mostra outras criações artísticas que utilizaram esse mesmo mockup

Aos Fatos também verificou elementos idênticos entre a montagem que circula nas redes e o mockup criado por Panzo, como o ângulo, iluminação, rachaduras, manchas nas paredes e no piso, artefatos, além de sequências numéricas (409-003, 409-005 e 409-007) que identificam os espaços publicitários (veja abaixo).


Elementos idênticos. Comparativo mostra detalhes idênticos entre a montagem que circula nas redes e o mockup criado pela designer Laura Panzo.

A montagem ganhou força nas redes depois que foi compartilhada pelo designer gráfico brasileiro Butcher Billy em seus perfis no Instagram e Twitter. Nas postagens, o designer não diz se é o responsável pela arte, nem indica que se trata de ficção. Os traços da caricatura de Bolsonaro, no entanto, são idênticos aos de uma outra arte publicada por ele (veja abaixo o comparativo).


Traços idênticos. Imagem compara os traço do rosto de Bolsonaro que aparece na montagem que circula com uma outra arte publicada pelo designer "Butcher Billy"

O designer foi procurado por Aos Fatos, mas não respondeu até a publicação desta checagem. A publicação dele no Instagram foi posteriormente apagada.

Referências:

1. Poder 360
2. Madeline
3. Art Station
4. Instagram
5. Twitter
6. Archive.is


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa

de verificação de fatos do Facebook. Veja aqui como funciona a parceria.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.