É mentira que polícia apreendeu cocaína em carro de Fernando Haddad

Compartilhe

Não é verdade que o carro do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, foi apreendido com trinta quilos de cocaína. As peças desinformativas distorcem uma notícia veiculada em 27 de junho pelo programa Brasil Urgente, da Band, sobre uma operação da polícia militar que encontrou a droga em uma viatura da Receita Federal. O motorista do veículo, preso em flagrante, era um funcionário terceirizado sem relação com Haddad.

As publicações enganosas somavam milhares de compartilhamentos no Facebook até a tarde desta segunda-feira (1º). O conteúdo também circula no WhatsApp, plataforma em que não é possível estimar o alcance dos conteúdos (fale com a Fátima).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

A polícia militar acaba de prender o carro do ministro da economia do Lula com 30k de cocaína. A quadrilha do Lula ladrão está a todo vapor fazendo merda. Segue matéria.

Posts utilizam matéria divulgada no Brasil Urgente, da Band, para alegar que o carro do ministro Fernando Haddad teria sido apreendido com 30kg de cocaína, o que é falso.

Publicações nas redes usam uma matéria veiculada no programa Brasil Urgente, da Band, na última quinta-feira (27), para alegar que o carro do ministro Fernando Haddad teria sido apreendido com cocaína. Isso é mentira. Na realidade, a droga foi encontrada pela polícia em um veículo da Receita Federal que era dirigido por um funcionário terceirizado sem relação com Haddad.

Na notícia veiculada pelo Brasil Urgente, não há qualquer menção ao ministro, como é possível conferir abaixo:



De acordo com a polícia, o motorista Washington da Silva Nascimento, preso em flagrante, tinha como destino o aeroporto de Guarulhos. Durante a abordagem, ele alegou trabalhar como funcionário terceirizado para a Receita. O caso está sendo investigado pela Polícia Federal.

As peças de desinformação também erram ao tratar Haddad como ministro da Economia. A pasta, que mudou de nome durante a gestão de Jair Bolsonaro (PL), voltou a se chamar Ministério da Fazenda no ano passado por determinação do governo Lula.

Procurada por Aos Fatos, a assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda informou que o carro apreendido pela polícia não tem nenhuma relação com Haddad. Segundo ela, a Receita Federal está apurando o caso e, até o momento, tudo indica que o motorista era um funcionário terceirizado, não havendo envolvimento de servidores da instituição no caso. A empresa contratada será notificada.

Referências

  1. CNN Brasil
  2. informou

Compartilhe

Leia também

falsoIdosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

Idosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

falsoLula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores

Lula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores

Como a ‘Abin paralela’ alimentou desinformadores com mentiras e dossiês

Como a ‘Abin paralela’ alimentou desinformadores com mentiras e dossiês