Lula não defendeu que pobres comam menos para estimular crescimento da economia

Compartilhe

Não é verdade que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que, para o Brasil crescer, os pobres devem comer menos, como afirmam publicações nas redes. As peças de desinformação usam um trecho de uma entrevista concedida pelo petista em maio de 2019 na qual ele afirma exatamente o contrário: que é necessário aumentar o consumo da população de baixa renda para movimentar a economia.

Publicações com a atribuição enganosa acumulavam ao menos 40 mil curtidas no Instagram e milhares de visualizações no Kwai nesta quarta-feira (15).


Selo falso

A SOLUÇÃO PRO BRASIL CRESCER É COMER MENOS. KKK ISSO É LIDER DE UMA NAÇÃO? FERROU TUDO!

Post alega de maneira enganosa que Lula defendeu que pobres comessem menos para melhorar a economia

Publicações que circulam nas redes enganam ao indicar que Lula teria dito que o Brasil cresceria se população mais pobre comesse menos. As peças de desinformação usam um trecho de uma entrevista concedida pelo presidente em maio de 2019 ao jornalista Kennedy Alencar. Nela, Lula defende, na verdade, a redistribuição de renda para que a população de baixa renda possa aumentar o consumo e, assim, estimular o crescimento da economia.

Confira a íntegra do argumento de Lula abaixo:

“Eu tinha certeza que o Brasil só ia crescer quando mais da metade da população começasse a consumir. E outra, aquela ideia minha de que muito dinheiro na mão de pouca gente é concentração de renda, e pouco dinheiro na mão de muitos é distribuição de renda. Foi com essa filosofia que eu resolvi governar o Brasil. Ou seja, se cada pobre comer dois pãezinhos, tomar dois cafezinhos, sabe? Se cada um comprar um sapato, uma camisa, uma calça, um tijolo a mais, a economia começa a funcionar”.

O argumento é recorrente no discurso do petista. Em 2017, durante entrevista a uma rádio de Salvador (BA), Lula disse que o governo deveria incluir o pobre no mercado: “Você dá R$ 10 para o pobre e ele vira consumidor, você dá R$ 10 milhões para um rico e ele enfia na conta bancária”. A entrevista também foi editada e transformada em peça de desinformação, desmentida pelo Aos Fatos em 2019.

Leia mais
Nas Redes Vídeo é editado para fazer crer que Lula disse que pobres não têm que estudar
Nas Redes É falso que Lula disse que pobre tem que comer carne de terceira e sofrer
Nas Redes Lula não disse que voto de nordestino pode ser comprado por grão de arroz ou R$ 10

Em discurso no Congresso Nacional no dia 6 de janeiro deste ano, o presidente voltou a relacionar o aumento no consumo dos mais pobres à melhoria da economia. Ao defender a valorização do salário mínimo e o impulsionamento das pequenas e médias empresas, Lula prometeu que “a roda da economia vai voltar a girar e o consumo popular terá papel central neste processo”.

Compartilhe

Leia também

falsoPosts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans

Posts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans

Pré-candidato, Marçal oferece prêmio a seguidores e especialistas veem infração eleitoral

Pré-candidato, Marçal oferece prêmio a seguidores e especialistas veem infração eleitoral

Atentado contra Trump aponta riscos de uma moderação enfraquecida nas ‘big techs’

Atentado contra Trump aponta riscos de uma moderação enfraquecida nas ‘big techs’