Méuri Elle

Veja tudo o que já desmentimos sobre as enchentes no Rio Grande do Sul

11 de maio de 2024, 15h35

Em meio a enchentes que já causaram 136 mortes e deixaram ao menos 441 mil desabrigados e desalojados no Rio Grande do Sul, circulam nas redes peças de desinformação que distorcem informações essenciais, alimentam o pânico e agravam a crise.

As mentiras — que em boa parte dos casos se originam de boatos locais — inventam medidas autoritárias do governo, compartilham orientações contrárias às dos órgãos oficiais e reciclam imagens antigas em uma tentativa de dimensionar a catástrofe. As peças enganosas também apostam em conteúdos de cunho político, com críticas a adversários.

Abaixo, Aos Fatos lista todas as peças de desinformação desmentidas até agora. Esta lista será atualizada conforme novos textos forem publicados.

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Veículos com doações para vítimas da enchente no RS não estão sendo barrados em postos da Fazenda
A desinformação mais viral até o momento alega que caminhões com donativos estariam sendo barrados por autoridades. O boato foi alimentado por informações verdadeiras, como a reportagem do SBT sobre caminhões parados e posteriormente liberados pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) por estarem acima do peso e o caso do veículo parado pela Sefaz-RS (Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul) também por excesso de peso. A Secretaria de Fazenda do Rio Grande do Sul e a ANTT negaram que haja orientação para multar ou barrar caminhões com donativos.

É falso que SBT apagou reportagem sobre caminhões com doações barrados no Sul
A repercussão da desinformação sobre os caminhões barrados gerou mais mentiras nas redes. Posts enganosos passaram a alegar que o SBT teria deletado o vídeo da reportagem que noticiava o caso dos veículos parados pela ANTT. Em nota, a emissora disse que de fato deixou o vídeo inacessível por um período para confirmar as informações veiculadas, mas que o conteúdo foi tornado público novamente assim que foi constatada a veracidade dos fatos apresentados.

Vídeo editado de Paulo Pimenta é tirado de contexto para sugerir que purificadores doados pelo governo federal são ineficientes
Publicações nas redes distorcem um vídeo divulgado pelo ministro Paulo Pimenta para sugerir que ele não teria tomado a água dos purificadores enviados pelo governo ao Rio Grande do Sul porque os equipamentos seriam ineficientes. A gravação usada pelas peças de desinformação é editada, e outros registros do mesmo momento provam que o ministro bebeu, sim, a água filtrada.

Prefeitura de São Leopoldo não expulsou agentes da Defesa Civil de SP
É enganoso o vídeo em que um homem não identificado mostra viaturas da Defesa Civil de diferentes cidades paulistas e afirma que os agentes teriam sido expulsos de São Leopoldo (RS). A gravação, que acusa a prefeitura gaúcha de negar assistência às vítimas das enchentes, foi desmentida tanto pela administração municipal como pela Defesa Civil de São Paulo.

É falso que presidente de Portugal acusou o Brasil de recusar doações após enchentes no RS
Não é o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, o homem que afirma em vídeo que o governo brasileiro se recusou a receber doações de seu país. Quem aparece nas imagens é o deputado André Ventura, do partido português de extrema-direita Chega. Após o vídeo publicado por ele, o governo brasileiro anunciou medidas para facilitar remessas internacionais ao Rio Grande do Sul, mas os donativos seguem parados em galpões em Portugal.

É falso que vídeo mostra avião da Força Aérea Portuguesa decolando com doações rumo ao Brasil
Um vídeo que mostra a decolagem de um avião da Força Aérea Portuguesa tem sido compatilhado como se retratasse o transporte de doações do país para o Brasil em razão das enchentes. O registro original, no entanto, foi feito em 2023. A Força Aérea Portuguesa informou que até o momento não houve qualquer missão relacionada ao envio de donativos ao Brasil.

É falso que governo federal só permite doação internacional de produtos usados ao RS
Publicações compartilharam a alegação enganosa de que a portaria nº 142, publicada pelo governo Lula, permite apenas a doação internacional de produtos usados e proíbe a doação de itens novos às vítimas das enchentes. Em nota, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços esclareceu que a lei já permite o envio de artigos novos e que o dispositivo apenas autoriza temporariamente o envio de objetos usados, que é proibido no Brasil.

É falso que a Prefeitura de Canoas reembalou doações para colocar logotipo do governo federal
Não é verdade que a Prefeitura de Canoas está inserindo o logo do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome em todas as cestas básicas para fazer crer que se trata de doação federal. A cesta retratada na imagem compartilhada pelas peças de desinformação foi de fato distribuída pelo Executivo federal.

Leia mais
Explicamos Cinco gráficos que dimensionam o desastre climático no Rio Grande do Sul
BIPE No Instagram, hostilidade ao Exército por atuação no RS mistura críticas e desinformação

É falso que lista mostra nomes de crianças sem os pais abrigadas em universidade de Canoas
Publicações nas redes também compartilharam uma lista de pessoas abrigadas em uma igreja em Cachoeirinha (RS) como se fosse um registro de todas as crianças alojadas na Ulbra (Universidade Luterana do Brasil), em Canoas (RS), que estavam sem os pais. Dos 78 indivíduos listados, 64 eram adultos.

Governo do RS não está fiscalizando documentos nem barrando jet-skis e barcos de voluntários
A peça de desinformação, disseminada por influenciadores como o humorista gaúcho Nego Di, alegava que a Brigada Militar do Rio Grande do Sul estaria barrando barcos e jet-skis de voluntários que não apresentassem documentação. A publicação enganosa se originou de um caso ocorrido em Canoas, em que membros do Exército — e não da Brigada Militar — solicitaram documentos a proprietários de motos aquáticas. Em nota, a corporação estadual afirmou que não está realizando qualquer tipo de fiscalização e que “toda ajuda é bem-vinda”.

É falso que bombeiros proibiram jet-skis em resgates no RS e depois liberaram veículos para reportagem da Globo
Não é verdade que o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul usou jet-skis durante a gravação de uma reportagem do Jornal Nacional depois de proibir o emprego desse tipo de veículo no resgate às vítimas das enchentes. Registros anteriores à reportagem do JN mostram que a corporação sempre permitiu o uso de motos aquáticas nas operações.

Posts enganam ao comparar esforços de militares e governo no RS com ajuda enviada por Luciano Hang
Publicações também fizeram uma comparação enganosa entre a ajuda prestada pelo empresário Luciano Hang, que enviou dois helicópteros para auxiliar nos resgates, e o esforço dos militares que atuam em operações de salvamento. Além dos dois helicópteros disponibilizados pela Força Aérea, também foram mobilizados até aquele momento outras 20 aeronaves, além de 84 embarcações, 385 viaturas e 1.103 militares.

Posts usam foto de ação federal para mentir que doações estão sendo reembaladas com selo do governo
Posts nas redes têm compartilhado uma foto que mostra cestas básicas sendo descarregadas de um caminhão para sugerir que as doações enviadas às vítimas das enchentes estariam sendo etiquetadas para simular entregas do governo federal. Os alimentos mostrados na imagem de fato foram adquiridos e distribuídos pelo Executivo.

Não há orientação oficial para que vítimas de enchentes no RS se cadastrem na Defesa Civil para receber ajuda
Vídeos e áudios desinformativos também alegaram que as vítimas das enchentes deveriam preencher imediatamente um formulário da Defesa Civil para que fossem posteriormente elegíveis a auxílios do governo. A orientação é falsa e vai contra as recomendações de autoridades, que não estão realizando cadastros no momento e pedem que a população aguarde por futuras orientações.

Não é verdade que proibição do uso de drones no RS é para impedir vídeos de corpos boiando
É enganoso o vídeo que alega que a proibição do uso de drones particulares em áreas afetadas pelas enchentes foi determinada para impedir o registro de corpos boiando. O uso do equipamento foi proibido para garantir a segurança de aviões e helicópteros envolvidos nas operações de resgate.

Posts enganam ao alegar que presos foram libertados após enchentes no RS
Não é verdade que todos os detentos do sistema prisional gaúcho foram soltos devido às enchentes. A Secretaria de Sistemas Penal e Socioeducativo informou que nenhum preso foi libertado, mas que foi necessário transferir provisoriamente 1.057 indivíduos que cumprem pena em regime fechado para outro presídio próximo. Já no caso do regime semiaberto, o Judiciário liberou o monitoramento via tornozeleira eletrônica para os abrigados em um presídio que foi alagado.

Leia mais
Explicamos Casos de caminhões com doações parados nas estradas alimentaram desinformação e disputa política
BIPE Mentiras sobre enchentes no Rio Grande do Sul ocultam informações essenciais, atrasam socorro e ampliam crise

Vídeo não mostra agressão contra fiscal que tentou impedir doações após enchentes no RS
Um vídeo gravado em 2020 no Amazonas tem sido compartilhado como se fosse recente e registrasse uma agressão contra um fiscal que tentou impedir a distribuição de donativos no Rio Grande do Sul. Feita em 13 de novembro daquele ano em Presidente Figueiredo (AM), cidade da zona metropolitana de Manaus, a filmagem mostra o momento em que o repórter Lucas Emanuel leva um soco durante uma cobertura.

Ibama não apreendeu máquinas usadas na reconstrução de estradas no RS
Também circulou nas redes um áudio em que um homem alegava que servidores do Ibama teriam impedido voluntários de limpar uma estrada com uma retroescavadeira entre as cidades de Muçum e Vespasiano. Em nota, a autarquia afirmou que a fiscalização de rodovias não está entre suas atribuições e que tem centrado seus esforços na prestação de ajuda humanitária.

Gravação em que homem afirma que Bolsonaro doou R$ 17 milhões ao RS é ficcional
Publicações têm compartilhado como se fosse verídico um vídeo que imagina o cenário hipotético em que Bolsonaro teria doado R$ 17 milhões às vítimas das enchentes. Na gravação original, publicada no YouTube, fica claro que as afirmações não são verdadeiras.

É falso que vídeo mostra agressão contra o prefeito de Canoas
Um vídeo que mostra uma confusão entre professores e sindicalistas durante uma assembleia em Fortaleza tem sido compartilhado como se registrasse uma agressão recente contra o prefeito de Canoas, Jairo Jorge (PSD). Em busca na imprensa, Aos Fatos não localizou quaisquer registros que mostrem o político sendo agredido por desabrigados.

Enchentes no RS não foram causadas pela abertura de comportas de barragens no rio Taquari
Publicações reciclaram um vídeo enganoso do apresentador Alexandre Garcia para alegar que as enchentes nos municípios gaúchos teriam sido causadas pela abertura de comportas de barragens do rio Taquari. Disseminada no ano passado, a teoria conspiratória não tem lastro na realidade, já que nenhuma das três barragens do Taquari tem estruturas capazes de controlar o fluxo de água.

Governo Lula não destinou mais alimentos a Cuba que para afetados pelas enchentes no RS
Posts nas redes também disseminaram a mentira de que o governo Lula teria enviado mais alimentos a Cuba neste ano do que para as vítimas das enchentes. Os posts compartilham a notícia de que o governo brasileiro doou em fevereiro 125 toneladas de leite em pó para o país caribenho, mas omitem que foram enviadas até agora 387 toneladas de alimentos em cestas básicas para o Rio Grande do Sul — a meta é chegar a 1.118 toneladas.

É falso que bombeiros e voluntários encontraram 2.000 corpos em bairro de Canoas
No áudio desinformativo, uma mulher não identificada alega que autoridades e voluntários teriam encontrado 2.000 corpos no bairro de Mathias Velho e os escondido em câmaras frias para não causar pânico. A alegação foi desmentida pela Prefeitura de Canoas e pelo IGP (Instituto Geral de Perícias) do Rio Grande do Sul.

Denúncia antiga de vereador circula fora de contexto para alegar que governo federal está enviando alimentos vencidos ao RS
Peças de desinformação compartilharam uma denúncia feita por um vereador do PT em fevereiro deste ano para alegar que o governo Lula estaria enviando alimentos fora do prazo de validade para as vítimas das enchentes. Na gravação, feita em Bagé, o político Flavius Dajulia (PT) acusa a Defesa Civil de não ter distribuído alimentos enviados pelo Executivo federal à cidade em 2023.

Golpe engana ao dizer que Havan está vendendo liquidificadores a R$ 79,90 para ajudar o RS
Para se aproveitar do movimento solidário criado para ajudar as vítimas das enchentes, criminosos passaram a compartilhar nas redes um golpe para roubar usuários. Os anúncios usavam um vídeo manipulado do empresário Luciano Hang para dar a entender que a Havan teria anunciado uma promoção de liquidificadores, cujos lucros seriam revertidos para as enchentes. Em nota, a rede varejista negou que haja campanha semelhante.

É falso que internet da Starlink é a única disponível no RS durante enchentes
Também não é verdade que a Starlink, internet via satélite do bilionário Elon Musk, é a única disponível no Rio Grande do Sul durante as atuais enchentes. A Conexis — associação de empresas de telecomunicações brasileiras — afirmou que as principais operadoras de internet fixa e móvel têm mantido redes ativas na maior parte do estado e que a Starlink representa apenas 0,1% do mercado local.

Leia mais
Explicamos Como ajudar o Rio Grande do Sul sem correr o risco de cair em golpes
BIPE No Telegram, negacionistas usam falsa ‘arma climática’ para justificar tragédia no RS

Vídeo de caminhão com caixões foi gravado na Turquia, não no Rio Grande do Sul
Um vídeo que mostra caminhões carregados de caixões que foi gravado na Turquia no ano passado tem sido compartilhado como se mostrasse uma cena recente no Rio Grande do Sul. A filmagem foi realizada em fevereiro de 2023 na capital Ancara em meio a um terremoto que vitimou mais de 50 mil pessoas.

Vídeo de resgate de criança na Turquia circula como se fosse nas enchentes do RS
O vídeo que mostra o resgate de uma mulher e sua filha na Turquia em 15 março de 2023 tem sido compartilhado nas redes como se retratasse o resgate de duas crianças em meio ao desastre no Rio Grande do Sul. A filmagem foi feita na província turca de Şanlıurfa durante uma enchente.

Vídeo de população gritando ‘fora Globo’ não foi gravado no Rio Grande do Sul
Não é recente nem foi gravado no Rio Grande do Sul o vídeo que mostra a população aos gritos de “fora, Globo”, hostilizando jornalistas da emissora. A gravação foi feita em 2018 em Montes Claros (MG), durante uma manifestação de apoio à greve dos caminhoneiros que ocorria na época.

É falso que vídeo mostra agressão contra ministro Paulo Pimenta no Rio Grande do Sul
A gravação de uma reunião de sindicalistas e professores no Ceará passou a circular fora de contexto nas redes para alegar que se tratava de um registro de agressão ocorrido em Canoas (RS) contra o ministro da Secom (Secretaria de Comunicação Social), Paulo Pimenta.

Posts reciclam desinformação antiga para alegar que doações para o RS estão sendo descartadas
Uma cena registrada durante as enchentes de 2023 no Rio Grande do Sul que já havia sido alvo de desinformação voltou a ser compartilhada recentemente para alegar que o governo gaúcho estaria descartando as doações enviadas ao estado. As imagens foram feitas em Encantado e mostram, na verdade, uma máquina organizando donativos armazenados em um ginásio.

Post que anuncia promoção de aparelhos de ar-condicionado a R$ 149,90 na Havan para ajudar RS é golpe
É falso que as lojas Havan anunciaram uma promoção que vende aparelhos de ar-condicionado a R$ 149,90 para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. As peças de desinformação anunciam o desconto por meio de um vídeo manipulado do empresário Luciano Hang, que direciona os usuários a páginas falsas para aplicar um golpe.

Vídeo que mostra resgate com carregadeira em enchente foi gravado na China, não no RS
Também voltou a circular fora de contexto um vídeo que já havia sido usado por peças de desinformação durante as chuvas do ano passado. A gravação foi feita na China em agosto de 2023, durante as enchentes causadas pelo tufão Doksuri.

Vídeo de idosa com cachorro em casa alagada foi gravado na Argentina, não no RS
Uma gravação feita em março deste ano durante enchentes que atingiram Corrientes, na Argentina, também tem sido falsamente apontada como um registro do desastre no Rio Grande do Sul. A idosa que aparece no vídeo foi resgatada, mas perdeu os bens por conta da inundação.

Vídeo que mostra gado sendo levado por enchente foi gravado no México, não no RS
Outro vídeo gravado fora do Brasil que tem sido atribuído às enchentes no Rio Grande do Sul é o que mostra um rebanho de gado sendo levado pela água. As imagens foram registradas no México em julho de 2020, e os animais foram posteriormente resgatados.

Beyoncé, The Rock e Will Smith não criticaram Madonna por show durante enchentes no RS
Posts compartilharam vídeos manipulados para alegar que a cantora Beyoncé e os atores Dwayne Johnson e Will Smith teriam criticado o show feito por Madonna na praia de Copacabana no último dia 4 por conta da crise no Rio Grande do Sul. Nenhum dos artistas fez comentários semelhantes.


Leia também outros conteúdos do Aos Fatos sobre a crise climática no Rio Grande do Sul:

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.