🕐 ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA EM Setembro de 2023. INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE TEXTO PODEM ESTAR DESATUALIZADAS OU TEREM MUDADO.

Indumentárias usadas por equipe médica não provam que cirurgia de Bolsonaro em SP foi encenada

Por Marco Faustino

13 de setembro de 2023, 16h53

Publicações nas redes enganam ao afirmar que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) teria forjado um procedimento cirúrgico em São Paulo na última terça (12). Para sustentar a alegação falsa, os posts apontam que o cirurgião estaria sem luvas e que uma das profissionais não estaria com os sapatos cobertos. De acordo com a equipe médica, o homem na verdade é técnico de enfermagem e estava sem luvas porque o procedimento já havia terminado. Já o uso de protetor de calçados não é uma exigência sanitária.

Os posts enganosos foram compartilhados ao menos 6.000 vezes no X (ex-Twitter) e centenas de vezes no Facebook até a tarde desta quarta-feira (13). O conteúdo também circula no WhatsApp, plataforma na qual não é possível estimar o alcance (fale com a Fátima).


Selo falso

A FARSA da cirurgia: cirurgião SEM LUVAS; pessoa com CALÇADO DA RUA, em pleno centro cirúrgico. Em um hospital CINCO ESTRELAS? Sei...

Post compartilha foto do ex-presidente Jair Bolsonaro sendo atendido pela equipe médica do Hospital Vila Nova Star. Na fotografia, círculos vermelhos destacam a falta de luvas de um profissional e a sapatilha sem protetor de uma mulher. Legenda na parte superior da imagem chama cirurgia de “farsa”, descrevendo os supostos indícios destacados na foto

Diferentemente do que sugerem posts nas redes, Bolsonaro foi, sim, submetido a cirurgia no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, na última terça-feira (12). As publicações que defendem que o procedimento foi encenado com base em uma foto em que o ex-presidente aparece sendo atendido pela equipe médica se baseiam nas seguintes premissas falsas:

  • O suposto cirurgião, homem com roupa cinza que aparece na foto, não está usando luvas;
  • Uma das profissionais de saúde aparece sem equipamento de proteção usado para cobrir os pés, também conhecido como propé, no centro cirúrgico.

Em nota, o Vila Nova Star confirmou que o homem que aparece de cinza não é o chefe da equipe de cirurgia, mas sim um dos técnicos de enfermagem. De acordo com Salomão Abdala Carui, um dos médicos que participou do procedimento, o profissional estava sem luvas porque a cirurgia já havia terminado.

Já o uso de propés não é obrigatório, segundo a Sobecc (Associação Brasileira de Enfermeiros de Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização), desde que os profissionais que adentram no centro cirúrgico usem calçados exclusivos e fechados.

De acordo com o Hospital Vila Nova Star, a foto que circula nas redes, publicada por Bolsonaro no X, “demonstra o adequado atendimento ao paciente, não havendo nada nela em desacordo com a legislação sanitária vigente”. O hospital afirmou também que “conta com rígidos protocolos de segurança e segue totalmente as normas da Vigilância Sanitária”.

Em boletim médico divulgado na última terça (12), o Vila Nova Star afirmou que as cirurgias “transcorreram de forma satisfatória, sem intercorrências e o paciente já se encontra em recuperação no quarto”. Após o fim do procedimento, o filho do ex-presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), divulgou outra foto do pai no interior do hospital.

Em entrevista à Reuters no último domingo (10), Bolsonaro disse que seria internado nesta semana para passar por procedimentos cirúrgicos devido a complicações decorrentes da facada que sofreu durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG) em 2018. As cirurgias da última terça, no entanto, não têm relação com o ataque. O ex-presidente passou por uma endoscopia, removeu as amígdalas e fragmentos do palato mole, retirou parte das conchas nasais e corrigiu um desvio de septo.

Referências:

1. Sobecc (Fontes 1 e 2)
2. Fiocruz
3. X (Fontes 1 e 2)
4. Metrópoles
5. Reuters


Esta reportagem foi atualizada às 18h52 do dia 13 de setembro de 2023 para acrescentar a informação de que a foto foi registrada após o fim do procedimento cirúrgico.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.