Imagens de manifestação na Paulista foram gravadas em fevereiro, não no último domingo

Por Marco Faustino

11 de junho de 2024, 18h15

Não foi gravado no último domingo (9) um vídeo que mostra uma multidão de manifestantes de verde e amarelo na avenida Paulista. A filmagem compartilhada pelas peças de desinformação foi registrada em fevereiro deste ano, durante um ato convocado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em meio a investigações da PF sobre a participação da cúpula do governo num plano para dar um golpe de Estado.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam centenas de compartilhamentos no Facebook e milhares de curtidas no Instagram até a tarde desta terça-feira (11).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Selo falso

Vídeo que mostra ato convocado por Bolsonaro em fevereiro de 2024 acompanhado de legenda enganosa que alega que as imagens foram feitas no último domingo (9).

Foi gravado no início deste ano, e não no último domingo (9), o vídeo que mostra uma manifestação lotada na avenida Paulista. Por meio de busca reversa, Aos Fatos identificou que a gravação foi feita em 25 de fevereiro, em ato que contou com a participação do ex-presidente Jair Bolsonaro.

O ato foi convocado em meio a investigações sobre um plano para dar um golpe de Estado, arquitetado pela cúpula do governo Bolsonaro durante as eleições de 2022. Participaram do evento, além do próprio presidente, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos) e o pastor Silas Malafaia.

O Monitor do Debate Político no Meio Digital, formado por pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo), estimou na época que cerca de 185 mil pessoas compareceram ao ato de fevereiro. Já a Polícia Militar de São Paulo apontou um número bem maior: segundo o órgão, 600 mil pessoas se concentraram apenas na avenida Paulista.

Leia mais
Nas Redes Vídeo que mostra Paulista lotada foi gravado em 2021, não no último domingo

Aos Fatos não encontrou estimativas de público referentes ao protesto do último domingo (9), mas imagens áreas mostram um comparecimento significativamente menor do que o registrado em fevereiro. A manifestação, que tinha como pauta o impeachment do presidente Lula (PT) e do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, não contou com a presença de Bolsonaro nem de políticos próximos ao ex-presidente.

Referências:

1. Click Guarulhos
2. X
3. g1
4. O Tempo

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.