Imagem de conflito na Grécia em 2009 circula como se fosse de protesto recente no Brasil

Por Priscila Pacheco

2 de junho de 2020, 16h45


Uma foto que mostra uma pessoa com uma jaqueta com o símbolo antifascista agredindo com um pedaço de madeira um policial não é recente, não foi tirada no Brasil e foi alterada digitalmente para incluir a estampa na vestimenta. A imagem original foi registrada pelo fotógrafo Milos Bicanski no dia 6 de dezembro de 2009 em Atenas (Grécia), durante uma manifestação contra a violência policial. Nela, a roupa do agressor é totalmente preta.

As publicações que compartilham a imagem descontextualizada sugerem que ela seria dos recentes protestos contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (veja aqui). Nos últimos anos, a mesma fotografia tem ilustrado diferentes peças de desinformação em outros países. Em 2017, por exemplo, a imagem passou a circular nos Estados Unidos após um protesto de supremacistas brancos em Charlottesville, na Virgínia.

No Facebook, a versão brasileira da peça de desinformação somava ao menos 2.200 compartilhamentos nesta terça-feira (2). Todas as publicações foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da plataforma (saiba como funciona).


FALSO

Lutando pela democracia, segundo a CNN e Globo (Ambas lixos)

Uma foto que mostra uma pessoa com uma jaqueta com o símbolo antifascista agredindo um policial tem sido compartilhada nas redes sociais como se tivesse sido registrada em um dos recentes protestos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Na verdade, a fotografia foi feita pelo fotógrafo Milos Bicanski no dia 6 de dezembro de 2009 em Atenas (Grécia), durante uma manifestação contra a violência policial. Na imagem original, o agressor também não está vestido com uma jaqueta antifascista, mas com uma roupa totalmente preta.

À época, o protesto ocorreu para relembrar um ano da morte do adolescente Alexis Grigoropoulos, assassinado aos 15 anos por um policial que fazia patrulha no centro da cidade.

A fotografia original tem direitos reservados e está à venda no site da agência Getty Images. Ela também foi publicada em uma galeria de fotos do jornal britânico The Guardian sobre os protestos de 2009.

Por meio de busca reversa, o Aos Fatos também verificou que a imagem alterada é disseminada na internet há alguns anos. Em 2017, por exemplo, o site norte-americano Snopes fez a checagem da foto porque ela começou a ser compartilhada após um protesto de supremacistas brancos em Charlottesville, na Virgínia, Estados Unidos, no qual houve conflito com opositores no dia 12 de agosto daquele ano.

No contexto brasileiro, a peça de desinformação foi checada pela Agência Lupa e pelo Fato ou Fake.

Manifestações no Brasil No domingo (31), houve manifestações organizadas por grupos contra e a favor do governo Bolsonaro. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, os grupos contra Bolsonaro se identificavam como antifascistas. Em São Paulo, o protesto ocorreu na avenida Paulista, Bela Vista, e houve conflito entre opositores e com a Polícia Militar.

Referências:

1. Getty Images (Fontes 1 e 2)

2. The Guardian (Fontes 1 e 2)

3. Deutsche Welle

4. Estadão

5. G1 (Fontes 1, 2 e 3)

6. Snopes

7. Agência Lupa