Homem retirado de bar por PMs em vídeo não é filho de Lula

Por Priscila Pacheco

2 de junho de 2022, 15h54

O homem que foi filmado sendo retirado por policiais militares do Bar do Cuscuz, no Recife (PE), não é filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), como afirma a legenda do vídeo que circula nas redes (veja aqui). Segundo o estabelecimento, o homem é um empresário conhecido como Xinxa da Cebola, e o vídeo foi gravado no dia 22 de maio, não no dia 29. Não há informações de que algum filho de Lula tenha sido expulso desse bar em outro momento.

A postagem enganosa conta com ao menos 5.297 compartilhamentos no Facebook e centenas de retuítes no Twitter nesta quinta-feira (2).


Selo falso

Filho do Lula sendo expulso do bar do Cuscuz

Postagem engana ao dizer que um dos filhos de Lula aparece em vídeo de confusão

Postagens nas redes sociais enganam ao afirmar que um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi expulso do Bar do Cuscuz, no Recife, em 29 de maio. Por telefone, um funcionário do estabelecimento disse que o vídeo foi gravado no dia 22, durante uma confusão que envolveu o empresário Xinxa Goes de Siqueira, conhecido como Xinxa da Cebola. As cenas mostram policiais acompanhando ele até a saída.

Os filhos de Lula se chamam Luís Cláudio, Fábio Luiz, Sandro Luís e Marcos Cláudio. Aos Fatos não encontrou nenhum registro de que qualquer um deles tenha sido expulso do Bar do Cuscuz, que também informou desconhecer que algum filho do petista tenha frequentado o local. A assessoria de imprensa de Lula também disse que as postagens não procedem. Além disso, não foi encontrada referência aos filhos de Lula no Instagram de Xinxa da Cebola.

O trecho que tem sido postado faz parte de um vídeo de 45 segundos que foi compartilhado nas redes no dia da confusão. Na mesma data, o empresário afirmou em outro vídeo que quem participou da discussão foi um amigo dele, não ele. O Aos Fatos entrou em contato com Xinxa da Cebola, mas não obteve retorno até a publicação da checagem.

A desinformação também foi checada pela Agência Lupa.

Referências:

1. Folha de Pernambuco
2. O Globo
3. Instagram Xinxa da Cebola
4. Instagram Blog do Ricardo Antunes (Fontes 1 e 2)


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.