Gravação em que eleitores franceses se revoltam com derrota de Marine Le Pen é de 2022

Compartilhe

Não é verdade que um vídeo mostra a revolta de eleitores de extrema-direita na França no último domingo (7) após o anúncio da derrota no pleito para a Assembleia Nacional. A gravação compartilhada pelas peças de desinformação foi registrada em 2022, quando a candidata de extrema-direita Marine Le Pen perdeu as eleições para o atual presidente, Emmanuel Macron.

O conteúdo enganoso acumulava cerca de 3.000 curtidas no Instagram e centenas de compartilhamentos no Facebook até a tarde desta segunda-feira (8).

Reação das "tias do ZAP" de extrema direita quando receberam o resultado das eleições na França.

Grupo de pessoas de pé assiste a algo em um telão. Legenda sugere que gravação foi feita após o resultado das eleições do último domingo (7)

Publicações nas redes enganam ao afirmar que um vídeo mostra a reação de franceses após a derrota da sigla de extrema-direita Reunião Nacional nas eleições legislativas do último domingo (7). A gravação foi feita em abril de 2022, quando a candidata Marine Le Pen perdeu o pleito presidencial com 41% dos votos ante os 58% recebidos por Emmanuel Macron.

A gravação original foi feita na comuna de Hénin-Beaumont, reduto eleitoral do Reunião Nacional, e também está disponível no YouTube. O vídeo foi reproduzido em diversos veículos de imprensa franceses na época (veja aqui e aqui).

Reviravolta. Após a vitória do Reunião Nacional no primeiro turno, os resultados iniciais indicam que a coligação de partidos de esquerda Nova Frente Popular obteve o maior número de cadeiras no Parlamento da França no segundo turno das eleições legislativas.

A coligação de Macron, o Juntos, ficou logo atrás, com 168 cadeiras, enquanto o Reunião Nacional teria conseguido o terceiro lugar, com 143 assentos. O resultado final do pleito ainda não foi divulgado.

As eleições francesas têm gerado uma série de peças de desinformação nas redes brasileiras. Recentemente, Aos Fatos desmentiu um post que usava os resultados do pleito para o Parlamento Europeu para alegar que a votação do último domingo (7) havia sido fraudada e um vídeo que supostamente mostraria comemorações de eleitores do Reunião Nacional após a vitória do partido no primeiro turno.

O caminho da checagem:

Por meio de busca reversa com a ferramenta Google Imagens, Aos Fatos identificou o vídeo original em matérias da imprensa francesa publicadas em 2022. Em seguida, buscamos entender o contexto em que a gravação foi feita e procuramos por informações sobre o cenário eleitoral da França.

Referências

  1. IstoÉ
  2. 7sur7
  3. Oh!MyMag
  4. BBC Brasil
  5. Aos Fatos (1 e 2)

Compartilhe

Leia também

Ações clandestinas da ‘Abin paralela’ realçam violências reais

Ações clandestinas da ‘Abin paralela’ realçam violências reais

falsoIdosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

Idosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

falsoLula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores

Lula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores