Governo federal não registrou déficit de R$ 232,5 bilhões no primeiro trimestre

Compartilhe

Não é verdade que o governo federal registrou déficit de R$ 232,5 bilhões nas contas públicas nos três primeiros meses deste ano. A cifra que tem sido citada em posts para atacar a gestão Lula (PT) é referente a uma previsão feita em 2022 para todo o ano de 2023. O resultado primário de janeiro e fevereiro deste ano, últimos dados disponíveis, foi superavitário em R$ 37,7 bilhões.

Os vídeos com as alegações enganosas acumulavam mais de 4 milhões de visualizações no TikTok, 120 mil curtidas no Instagram e 9.000 compartilhamentos no Facebook até a tarde desta quinta-feira (20).


Selo falso

Bolsonaro deixou R$ 57,9 bilhões no caixa (2022).
Em 3 meses, rombo de R$ 232,5 bilhões (2023).

Posts tiram de contexto trecho do Jornal Hoje, da TV Globo, para afirmar que Lula deixou um rombo de R$ 232,5 bilhões nas contas públicas no primeiro trimestre

Publicações nas redes têm compartilhado de forma descontextualizada um trecho da edição de 27 de janeiro deste ano do Jornal Hoje, da TV Globo, para alegar que Lula teria deixado um rombo de R$ 232,5 bilhões nas contas públicas em seus primeiros três meses de governo. A reportagem, no entanto, fazia referência ao déficit previsto em 2022 para todo o ano de 2023.

No trecho que circula fora de contexto, é possível perceber que o apresentador César Tralli se refere ao rombo previsto para 2023 no Orçamento da União elaborado em 2022, ainda no governo Bolsonaro. A expectativa de R$ 231,5 bilhões de déficit foi divulgada pelo então relator do Orçamento, o senador Marcelo Castro (MDB-PI), em sessão da Comissão Mista de Orçamento no dia 14 de dezembro de 2022.

Esse montante, entretanto, cai pela metade se consideradas as previsões divulgadas em 2023. No RARDP (Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias) do primeiro bimestre, publicado em março, o governo estimou que o déficit primário deve ser de R$ 107,6 bilhões neste ano.

Apesar de ainda não estarem disponíveis os dados consolidados do primeiro trimestre, o resultado primário do governo central nos primeiros dois meses registra superávit, conforme pode ser verificado no último boletim do Resultado do Tesouro Nacional. Entre janeiro e fevereiro, o Brasil registrou um saldo positivo de R$ 37,7 bilhões.

Por fim, é fato que foi registrado superávit no último ano do governo Bolsonaro. De acordo com o Resultado do Tesouro Nacional de dezembro de 2022, o governo central acumulou um superávit primário de R$ 54,1 bilhões no ano passado. O Brasil não registrava resultados positivos desde 2014 (veja gráfico abaixo).

Essa peça de desinformação também foi desmentida pela Agência Lupa e pelo Estadão Verifica.

Leia mais
Checamos Ao buscar apoio do agro, Lula engana sobre Plano Safra de Bolsonaro ter sido ‘o pior da história’
Explicamos Entenda a relação entre autonomia do Banco Central, Selic e críticas de Lula

Referências

  1. Globoplay
  2. Senado
  3. Ministério da Fazenda (1 e 2)
  4. Tesouro Nacional

Compartilhe

Leia também

falsoChina não homenageou Palestina em uniforme criado para a Olimpíada de Paris

China não homenageou Palestina em uniforme criado para a Olimpíada de Paris

falsoÉ montagem foto que mostra Kamala Harris ao lado de Jeffrey Epstein

É montagem foto que mostra Kamala Harris ao lado de Jeffrey Epstein

Brechas de plataformas permitem exploração de crianças, denunciam moderadores

Brechas de plataformas permitem exploração de crianças, denunciam moderadores