Governador de SE não ordenou polícia a agredir quem burlar toque de recolher

Por Marco Faustino

26 de março de 2021, 15h50

É uma montagem um vídeo que circula nas redes (veja aqui) no qual o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), diz que a polícia baterá em quem descumprir o toque de recolher no estado. A gravação original é de uma entrevista em 27 de fevereiro, quando Belivaldo falou sobre a vacinação contra Covid-19 e a possibilidade de implantar medidas restritivas. Além de o governador não ter pronunciado as palavras que constam na peça de desinformação, o toque de recolher foi anunciado apenas dias depois, em 15 de março.

Publicações que compartilham o conteúdo enganoso acumulavam ao menos 1.000 compartilhamentos no Facebook até a tarde desta sexta-feira (26) e foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (veja como funciona).


EU ADORO A ESQUERDA , QUEM DEFENDE ESSE TIPO DE POLÍTICO, QUANDO CORTAR NA PRÓPRIA CARNE AÍ NEM MERDIOLATE RESOLVE...

Publicações que circulam nas redes sociais compartilham um vídeo de uma entrevista do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), com o áudio adulterado no qual ele diz que a polícia deve bater em quem desobedecer o toque de recolher no estado. No vídeo original, de 27 de fevereiro, o governador diz apenas que estava avaliando a possibilidade da implantação de medidas restritivas de circulação, e comenta sobre a campanha de vacinação contra a Covid-19. O toque de recolher foi anunciado somente no dia 15 de março.

As falas atribuídas ao governador na montagem incluem trechos agressivos como: “O sujeito que for pego nas ruas vai levar porrada, a polícia vai bater, vai cuspir na cara, vai furar os olhos dele, vai jogar pimenta e sal”.

E em outro trecho: “O sujeito que for pego andando nas ruas de Sergipe vai levar cusparada, vai levar tapa na cara, puxão de cabelo tá? E aquele que reclamar vai ficar o dia todinho ouvindo a música da Caneta Azul”.

O Aos Fatos encontrou o vídeo original, que foi publicado na conta de YouTube da TV Aperipê, e verificou que o áudio foi substituído por outro e com uma voz incompatível com a do governador. Também foi possível constatar que as falas do vídeo manipulado não possuem sincronização com as movimentações faciais do político.

Além disso, outros elementos presentes permitem identificar que se trata do mesmo vídeo, tais como as cores e as posições dos microfones de veículos de imprensa, a roupa utilizada pelo governador, e a imagem de fundo.

Toque de recolher. Belivaldo Chagas anunciou no dia 15 de março que o estado passaria a ter um toque de recolher entre 20h e 5h. A medida entrou em vigor no dia 17 devido ao agravamento da pandemia de Covid-19. No dia 22 de março, ela foi renovada, e o horário ampliado. Atualmente, o toque de recolher ocorre entre 18h e 5h, e tem validade até o dia 31, quando haverá nova reunião para analisar o panorama da doença no estado.

Esta peça de desinformação também foi checada pelo Boatos.org.

Referências:

1. YouTube
2. Governo de SE
3. G1
4. Boatos.org


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.