Golpe usa promoção falsa da Farm para roubar dinheiro e dados pessoais

Compartilhe

Não é verdade que a Farm está distribuindo malas a consumidores que responderem uma pesquisa de satisfação na internet. As peças de desinformação com a alegação falsa direcionam os usuários a sites que imitam a identidade visual da marca para roubar dinheiro e dados pessoais.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam centenas de compartilhamentos no Facebook, além de milhares de anúncios na Meta até a tarde desta quarta-feira (26)

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Responda e Ganhe! 25 anos da FARM ! Atenção, amantes de malas!Os estoques são limitados e estão acabando rápido!Não perca esta oportunidade única de expressar sua opinião e ser recompensado por isso

Golpistas alegam em publicações nas redes sociais que a Farm está distribuindo malas a quem responder uma pesquisa de satisfação

Posts enganosos têm usado a marca de moda feminina Farm para aplicar golpes financeiros nas redes sociais. As peças enganosas prometem uma mala de viagem aos consumidores que responderem a uma pesquisa na internet e pagarem o frete do presente, emulando uma falsa campanha promocional dos 25 anos da marca.

Em nota, a Farm afirmou que não existe qualquer ação oficial oferecendo produtos grátis. Além disso, as peças de desinformação erram sobre o tempo de atuação da empresa, que completou 25 anos em 2022.

O golpe funciona da seguinte maneira:

  • Peças de desinformação difundem a suposta campanha promocional e direcionam o consumidor a sites em que ele é responde uma série de perguntas, entre elas: a preferência de uso das peças de roupa da marca, qual peça daria como presente e até sugestões de roupas que poderiam ser criadas pela Farm;
  • Ao finalizar a pesquisa falsa, uma mensagem leva a uma página interna com identidade visual idêntica à da Farm;
  • Os golpistas fazem os consumidores acreditarem que têm direito a receber gratuitamente uma mala da marca, mas na verdade as pessoas são levadas a uma página de pagamento;
  • Após o preenchimento de dados como nome, endereço, email, CPF e telefone, o consumidor precisa pagar um valor que seria referente ao frete da mala;
  • Em uma simulação feita pelo Aos Fatos com um CEP do centro de São Paulo, esse valor variou entre R$ 29,56 e R$ 47,94;
  • Ao final do processo, o consumidor entrega os dados pessoais aos criminosos e perde o dinheiro pago pelo frete. A mala jamais é entregue.

No Reclame Aqui, a Farm acumula nas últimas 24 horas ao menos 49 denúncias de consumidores que alegam ter sido vítimas dos golpistas.

São recorrentes os golpes que, copiando a identidade visual de marcas famosas, induzem usuários a preencher pesquisas de satisfação a pretexto de distribuir brindes. Em checagens anteriores, Aos Fatos mostrou que a Cacau Show não realizou qualquer promoção para distribuir ovos de chocolate e pantufas na Páscoa, tampouco a Eudora e a Nestlé realizaram promoções recentes para distribuir kits de tratamento capilar nem máquinas de café espresso a quem respondesse questionários online.

Referências

  1. Instagram
  2. YouTube
  3. Reclame Aqui
  4. Aos Fatos (1, 2 e 3)

Compartilhe

Leia também

falsoIdosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

Idosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

falsoLula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores

Lula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores

Como a ‘Abin paralela’ alimentou desinformadores com mentiras e dossiês

Como a ‘Abin paralela’ alimentou desinformadores com mentiras e dossiês