Fotos antigas de canais danificados da transposição do São Francisco circulam fora de contexto

Compartilhe

Quatro fotos que mostram obras da transposição do rio São Francisco circulam nas redes como se mostrassem trechos concluídos pelo governo de Jair Bolsonaro (PL), o que não é verdade (veja aqui). As imagens, registradas entre 2011 e 2015, circulam em uma montagem junto com uma quinta foto feita em 2019, já durante o governo do atual presidente. De acordo com dados do governo federal, as obras estavam 96% concluídas quando Bolsonaro assumiu o cargo.

As postagens enganosas contam com ao menos 12 mil compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (27).


Selo não é bem assim

Quando alguém disser que a transposição estava quase pronta, mostre essas fotos.

Postagem engana ao mostrar fotos antigas de obras do rio São Francisco para afirmar que elas indicam o estágio em que Bolsonaro assumiu a construção.

Cinco fotos que mostram canais da transposição do rio São Francisco danificados e secos circulam de forma descontextualizada nas redes sociais. Quatro delas foram registradas entre 2011 e 2015 e uma em 2019, ainda durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), em Monteiro (PB). Publicação do governo federal mostra que, quando Bolsonaro assumiu o cargo, em janeiro de 2019, 96,3% das obras estavam concluídas.

A imagem que aparece no canto superior à esquerda foi registrada em 2012 pelo fotógrafo Wilson Pedrosa e mostra cabras andando em obras do eixo Leste, entre Betânia (PE) e Custódia (PE). A foto ilustrou uma reportagem da revista Veja publicada em março daquele ano sobre aumento de custos do projeto. Segundo a Folha de Pernambuco, a água começou a ser bombeada no local em 2017, durante o governo de Michel Temer (MDB).

Foto no contexto original é de 2012
2012. Foto foi publicada na revista Veja (Reprodução)

O Aos Fatos não conseguiu confirmar a autoria da imagem que aparece no canto superior à direita mas, por meio de busca reversa no Bing, foi possível observar que ela aparece com a marcação do ano 2009 e usada para ilustrar textos publicados em blogs nos anos de 2011 e 2014.

Busca reversa no site Bing mostra que foto é antiga
2011. Imagem circula na internet há pelo menos 11 anos (Reprodução)

A foto que fica no centro, à direita, e mostra um arbusto na margem de um canal, faz parte de um relatório do MPF (Ministério Público Federal) obtido pelo UOL sobre as obras do eixo Leste da transposição, em Monteiro (PB), entre 21 e 22 de julho de 2019 — primeiro ano do atual governo. Na época, os procuradores apontaram danos na infraestrutura do canal inaugurado em março de 2017. A imagem ilustrou a reportagem do UOL publicada em agosto daquele ano. Em maio deste ano, outro relatório do MPF informou que o canal está recebendo esgoto, além de água.

Imagem é de 2019 e mostra deterioração iniciada no mesmo ano
2019. Registro mostra deterioração de área inaugurada em 2017 sem a finalização das obras (Reprodução)

A imagem que aparece no canto inferior à esquerda foi feita pelo fotógrafo Ernesto Rodrigues em 2014 e ilustrou uma reportagem da Folha de S.Paulo publicada naquele ano sobre as intenções do governo de Dilma Rousseff (PT) em expandir a transposição apesar de atrasos e do aumento no custo das obras. O registro exibe um trecho do eixo Leste localizado em Sertânia (PE), onde a água começou a ser bombeada em 2017.

Foto original é de 2014
2014. Imagem mostra situação de obra durante o primeiro mandato de Dilma Rousseff (Reprodução)

Por fim, a foto que mostra dois homens na margem de um canal da transposição em Icó (CE) foi registrada pelo jornalista Honório Barbosa em fevereiro de 2015. Ela ilustrou uma reportagem do Diário do Nordeste sobre o desmoronamento do canal ainda em obras por causa das fortes chuvas na região.

Foto é de 2015 e mostra problemas por causa da chuva
2015. Foto abre reportagem sobre estragos causados pela chuva (Reprodução)

Um relatório do extinto Ministério da Integração Nacional, publicado em abril de 2016, quando Dilma Rousseff (PT) era presidente, diz que o Projeto de Integração do Rio São Francisco tinha 86,3% de execução física concluída. Em abril de 2017, o governo informava que a obra estava 96,37% concluída nos dois eixos — 94,92% no eixo Norte e 100% no eixo Leste.

Em 2020, Bolsonaro inaugurou o eixo Norte. O site do governo diz que ainda estão sendo feitas obras complementares nos dois eixos. Outra página do governo federal também mostra que, em 2018, o eixo Leste já tinha 100% de operação, enquanto o Norte tinha 31,5% funcionando e atingiu 100% no ano passado.


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Compartilhe

Leia também

falsoVídeo de Kamala Harris dizendo que ‘hoje é hoje’ foi alterado por IA

Vídeo de Kamala Harris dizendo que ‘hoje é hoje’ foi alterado por IA

falsoJanja não tem relação com escolha do uniforme do Brasil para a Olimpíada

Janja não tem relação com escolha do uniforme do Brasil para a Olimpíada

Maduro mente ao alegar que votação brasileira não é auditada e ignora denúncias sobre eleições venezuelanas

Maduro mente ao alegar que votação brasileira não é auditada e ignora denúncias sobre eleições venezuelanas