Fotos de acidente aéreo no Irã em 2020 circulam como se fossem de queda do helicóptero presidencial

Por Luiz Fernando Menezes

20 de maio de 2024, 16h46

Não é verdade que fotos que mostram destroços de um avião iraniano em uma região de floresta sejam um registro do acidente que matou o presidente do país, Ebrahim Raisi, no último domingo (19). As imagens que circulam nas redes registram, na realidade, a queda de uma aeronave de treinamento em abril de 2020.

As imagens com o contexto enganoso acumulavam centenas de compartilhamentos no Facebook e no X (ex-Twitter) até a tarde desta segunda-feira (20).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Selo falso

NOVA FOTO DIVULGADA DA QUEDA DE HELICÓPTERO QUE MATOU O PRESIDENTE DO IRÃ EBRAHIM RAISI.

Foto de destroços de avião em zona florestal circula como se fosse de acidente que matou presidente do Irã

Fotos de um desastre aéreo ocorrido no Irã em abril de 2020 circulam nas redes como se fossem registros do acidente que matou o presidente do país, Ebrahim Raisi, no último domingo (19). As imagens mostram os destroços de uma aeronave que caiu na província de Mazandaran durante uma operação policial.

De acordo com relato do portal de notícias iraniano TINN, a aeronave de treinamento voava entre Bisheh Kolah e a capital Teerã quando condições climáticas adversas reduziram a visibilidade do piloto e levaram ao acidente.

Fotos que vêm sendo compartilhadas fora de contexto aparecem em galeria de acidente aéreo publicada pela imprensa iraniana
Acidente. As duas fotos que circulam como se fossem recentes estão disponíveis nas redes desde abril de 2020 (Reprodução/TINN)

Já Ebrahim Raisi foi vítima de um acidente de helicóptero, e não de avião. O caso que levou à morte do presidente e de outros membros do governo iraniano ocorreu entre as aldeias de Pir Davood e Uzi, situadas a cerca de 800 quilômetros do local do acidente de 2020. Imagens reais da queda do helicóptero foram divulgadas pela imprensa iraniana.

As mortes do presidente e de outros integrantes de sua comitiva foram confirmadas pelo governo iraniano na madrugada desta segunda-feira (20). Quem assume o cargo agora é o vice-presidente Mohammad Mokhber, que já foi nomeado pelo líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei. Novas eleições devem ocorrer em 50 dias.

Esta mesma peça de desinformação tem circulado em inglês e espanhol e foi desmentida pela Maldita.

Referências:

1. Mehr News
2. TINN
3. g1
4. Google Maps
5. EBC
6. UOL

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.