🕐 ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA EM Agosto de 2021. INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE TEXTO PODEM ESTAR DESATUALIZADAS OU TEREM MUDADO.

Foto não mostra retirada de civis do Afeganistão, mas resgate nas Filipinas em 2013

Por Luiz Fernando Menezes

16 de agosto de 2021, 15h58

Não é verdade que uma foto que mostra um avião de carga lotado de passageiros tenha sido registrada no domingo (15) durante a retirada de civis americanos do Afeganistão após o Taleban retomar o poder no país, como alegam nas redes (veja aqui). A imagem é de dezembro de 2013 e retrata um momento de uma operação de resgate dos EUA nas Filipinas após a passagem do tufão Haiyan.

Postagens com a falsa atribuição da foto somavam ao menos mil compartilhamentos no Facebook nesta segunda-feira (16) e foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da plataforma (saiba como funciona). Publicações semelhantes também circularam no Instagram e no Twitter.


No desespero para evacuar o máximo de pessoas possível de Cabul, uma aeronave de transporte militar C-17 RCH 871 da Força Aérea dos EUA partiu da capital do Afeganistão com 800 passageiros a bordo!

Não mostra a retirada de civis americanos do Afeganistão no domingo (15) a foto tirada no interior de um avião militar lotado de passageiros, diferentemente do que alegam as postagens checadas. O registro foi feito em 19 de dezembro de 2013 durante operação de resgate da Força Aérea dos EUA nas Filipinas após a passagem do tufão Haiyan.

A imagem, registrada pelo sargento americano Ramon Brockington, mostra cerca de 670 residentes da cidade filipina de Tacloban sendo resgatados, em um avião cargueiro C-17, da destruição causada pelo tufão, que deixou milhares de mortos no arquipélago asiático.

O grupo extremista Taleban retomou Cabul e voltou ao controle do Afeganistão no domingo (15), em meio à anunciada saída das tropas dos EUA do país. A retirada foi decidida em fevereiro de 2020, no governo Trump, e deve ser finalizada neste mês.

Com o retorno do Taleban ao poder, milhares de pessoas vêm tentando fugir do país. No Aeroporto Internacional Hamid Karzai, na capital afegã, pessoas invadiram a pista de decolagem e algumas chegaram a se pendurar nas aeronaves. A confusão deixou mortos e fez com que voos comerciais fossem cancelados.

Os EUA anunciaram o envio de mais mil militares para auxiliar na retirada de civis americanos e afegãos do país. Na quinta-feira (12), com o avanço do Taleban em direção à capital afegã, o governo americano já havia anunciado que enviaria 3.000 militares para organizar a repatriação de ao menos 1.400 de seus cidadãos.

Referências:

1. Força Aérea dos EUA
2. EBC
3. G1 (1 e 2)
4. RTP Notícias
5. Correio Braziliense


Esta reportagem foi publicada de acordo com a metodologia anterior do Aos Fatos.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.