Foto não mostra retirada de civis do Afeganistão, mas resgate nas Filipinas em 2013

Por Luiz Fernando Menezes

16 de agosto de 2021, 15h58

Não é verdade que uma foto que mostra um avião de carga lotado de passageiros tenha sido registrada no domingo (15) durante a retirada de civis americanos do Afeganistão após o Taleban retomar o poder no país, como alegam nas redes (veja aqui). A imagem é de dezembro de 2013 e retrata um momento de uma operação de resgate dos EUA nas Filipinas após a passagem do tufão Haiyan.

Postagens com a falsa atribuição da foto somavam ao menos mil compartilhamentos no Facebook nesta segunda-feira (16) e foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da plataforma (saiba como funciona). Publicações semelhantes também circularam no Instagram e no Twitter.


No desespero para evacuar o máximo de pessoas possível de Cabul, uma aeronave de transporte militar C-17 RCH 871 da Força Aérea dos EUA partiu da capital do Afeganistão com 800 passageiros a bordo!

Não mostra a retirada de civis americanos do Afeganistão no domingo (15) a foto tirada no interior de um avião militar lotado de passageiros, diferentemente do que alegam as postagens checadas. O registro foi feito em 19 de dezembro de 2013 durante operação de resgate da Força Aérea dos EUA nas Filipinas após a passagem do tufão Haiyan.

A imagem, registrada pelo sargento americano Ramon Brockington, mostra cerca de 670 residentes da cidade filipina de Tacloban sendo resgatados, em um avião cargueiro C-17, da destruição causada pelo tufão, que deixou milhares de mortos no arquipélago asiático.

O grupo extremista Taleban retomou Cabul e voltou ao controle do Afeganistão no domingo (15), em meio à anunciada saída das tropas dos EUA do país. A retirada foi decidida em fevereiro de 2020, no governo Trump, e deve ser finalizada neste mês.

Com o retorno do Taleban ao poder, milhares de pessoas vêm tentando fugir do país. No Aeroporto Internacional Hamid Karzai, na capital afegã, pessoas invadiram a pista de decolagem e algumas chegaram a se pendurar nas aeronaves. A confusão deixou mortos e fez com que voos comerciais fossem cancelados.

Os EUA anunciaram o envio de mais mil militares para auxiliar na retirada de civis americanos e afegãos do país. Na quinta-feira (12), com o avanço do Taleban em direção à capital afegã, o governo americano já havia anunciado que enviaria 3.000 militares para organizar a repatriação de ao menos 1.400 de seus cidadãos.

Referências:

1. Força Aérea dos EUA
2. EBC
3. G1 (1 e 2)
4. RTP Notícias
5. Correio Braziliense

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.