Foto mostra criança na Índia, não menina catadora de papelão em Pernambuco

Por Priscila Pacheco

27 de outubro de 2021, 13h52

Não é verdade que uma foto que circula nas redes sociais mostra uma menina catadora de papelão de Santa Cruz do Capibaribe (PE), como alegam postagens (veja aqui). A imagem faz parte do acervo do fotógrafo italiano Claudio Ripamonti pelo menos desde 2008 com a informação de que foi registrada em Haridwar, na Índia.

Posts que trazem a imagem com a falsa atribuição contam com ao menos 431.300 compartilhamentos nesta terça-feira (27).


Se você compartilhar a foto de uma menina que postagens nas redes sociais apontam ser uma catadora de papelão em Santa Cruz do Capibaribe (PE), a imagem pode até chegar a um caça-talentos brasileiro, como desejam os autores dos posts, mas será difícil para ele encontrar a garota. Isso porque a imagem foi retratada em Haridwar, na Índia, por um fotógrafo chamado Claudio Ripamonti.

Por meio de busca reversa, Aos Fatos descobriu que Ripamonti publicou a imagem no site “fotocommunity em abril de 2008, indicando que a foto foi registrada na cidade indiana. No site profissional de Ripamonti, a mesma imagem aparece com a legenda “Sweet little Angel - Haridwar India”, que significa “doce anjinho”, e está à venda por no mínimo 15 euros (formato 20 x 30 centímetros).

O fotógrafo também publicou a imagem no Instagram em 2012, 2016, 2019 e 2020 (veja aqui, aqui, aqui e aqui). Todas as publicações citam a Índia, mas sem informações sobre quem seria a garota. O perfil do fotógrafo na rede social contém retratos registrados em outros países além da Itália e da Índia, como México, Japão, Namíbia e Argentina.

Aos Fatos entrou em contato com Ripamonti para solicitar mais informações sobre o contexto da foto, mas não obteve retorno até a publicação da checagem.

Referências:

1. IBGE
2. Bing
3. Site Claudio Ripamonti (Fontes 1 e 2)
4. Instagram Claudio Ripamonti (Fontes 1, 2, 3 e 4)
5. Fotocommunity


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos do Facebook. Veja aqui como funciona a parceria.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.