Foto editada de passeata em PE em 2012 é falsamente atribuída a caravana de Lula

Por Luiz Fernando Menezes

25 de maio de 2021, 15h11

Uma foto editada de um ato público do PSB em Cabo de Santo Agostinho (PE) na campanha eleitoral de 2012 circula nas redes sociais (veja aqui) com a falsa alegação de que retrataria uma caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A montagem foi feita para multiplicar o número de pessoas que aparecem na imagem.

Postagens recentes com o conteúdo enganoso acumulavam ao menos 32 mil compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (25) e foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (veja como funciona).


Milagre da multiplicação na caravana de Lula. O mesmo gordo aparece em 4 lugares ao mesmo tempo!s

Editada, a foto de uma passeata em que um mesmo participante aparece quatro vezes em lugares diferentes tem sido compartilhada nas redes sociais como se fosse parte de uma caravana do ex-presidente Lula, o que não é verdade. O registro original foi feito durante um ato do PSB em Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, durante a campanha eleitoral de 2012 (veja abaixo).

As camisetas de alguns dos militantes trazem o número, 40, e as cores, amarelo e vermerlho, do partido e fotos semelhantes podem ser encontradas no site do socialista Everaldo Cabral, que era deputado estadual na época do evento. Há na imagem, ainda, um cartaz de um candidato a vereador pela legenda.


Indícios. Cartaz e números nas camisetas apontam que ato era pró-PSB e ocorreu em 2012 na cidade de Cabo de Santo Agostinho (PE).

Aos Fatos não conseguiu identificar a origem exata nem a autoria da foto por meio de busca reversa, mas verificou que a imagem sem edições aparece em publicação do então candidato a vereador em Cabo de Santo Agostinho Mingo Ramos (na época no PMN, hoje no PP) em 4 de setembro, mesma data em que a montagem começou a circular nas redes sociais.

A montagem circula nas redes desde setembro de 2012 com a alegação de que teria sido compartilhada por petistas na tentativa de inflar o apoio a manifestações pró-Lula, mas não há registros que sustentem que integrantes do partido tenham compartilhado a montagem. As primeiras publicações enganosas atribuíam a manipulação ao diretório do PSB.

A imagem editada também já foi usada em outros países para desinformar. Ela já circulou, por exemplo, na Venezuela com a alegação de que seria uma tentativa de inflar a popularidade do ex-presidente Hugo Chávez. Em 2018, o registro apareceu nas redes italianas como se fosse uma montagem favorável ao prefeito de Riace, Mimmo Lucano.

A foto editada voltou a circular em perfis brasileiros no fim de semana para comparar a popularidade de Lula com a do presidente Jair Bolsonaro, que havia participado, no domingo (23), de um passeio de moto no Rio de Janeiro com apoiadores.

Referências:

1. Everaldo Cabral
2. TinEye
3. Il Blog di David Puente
4. G1

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.