🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

Foto de policial pisando em manifestante foi registrada na Venezuela, não no Ceará

Por Luiz Fernando Menezes

20 de abril de 2020, 17h44

Uma foto em que um policial pisa em uma manifestante tem circulado nas redes sociais como se tivesse sido registrada no Ceará após a adoção de medidas de distanciamento social (veja aqui). No entanto, ela foi tirada em julho de 2017, em Caracas, na Venezuela. A imagem fora de contexto tem ilustrado postagens com críticas ao governador Camilo Santana (PT-CE), que, no último domingo (19), anunciou a prorrogação do decreto de isolamento social no estado por mais 15 dias.

No Facebook, posts com a falsa atribuição da imagem reuniam ao menos 32 mil compartilhamentos até a tarde desta segunda-feira (20). Todos foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da plataforma (saiba como funciona).


FALSO

Não é recente nem foi tirada no Ceará a foto que mostra um policial em uma moto pisando sobre uma manifestante. A imagem foi registrada em julho de 2017 em Caracas, na Venezuela, pelo fotógrafo Miguel Gutierrez da agência espanhola de notícias EFE e mostra a detenção da estudante de direito Paula Colmenárez, que, na época, tinha 17 anos e participava de um protesto contra o presidente Nicolás Maduro.

Nas redes sociais, um detalhe da foto da original tem sido veiculado em posts com críticas à atuação do governador cearense Camilo Santana (PT) frente à pandemia de Covid-19 desde o fim de semana. No domingo, Santana anunciou a prorrogação do decreto de isolamento social por mais 15 dias.

A Agência Lupa também verificou esta peça de desinformação.

Referências:

1. Alamy
2. El Estímulo
3. G1


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.