Foto de pessoas deitadas na rua não retrata infectados pelo coronavírus na China

Por Bruno Fávero

31 de janeiro de 2020, 16h33


A foto de uma homenagem a vítimas do nazismo feita em Frankfurt em 2014 circula nas redes sociais (veja aqui) como se mostrasse pessoas infectadas pelo coronavírus em Wuhan, na China, neste ano. Na verdade, a fotografia é da Reuters e mostra um grupo de pessoas deitadas em um projeto artístico que homenageou 528 mortos no campo de concentração de Katzbach, que funcionou na cidade alemã durante o regime nazista.

A peça de desinformação, que também circulou na França e nas Filipinas, tem sido disseminada no Brasil principalmente pelo WhatsApp, onde sua checagem foi sugerida por leitores do Aos Fatos (inscreva-se aqui). Não é possível medir com precisão o alcance do que é compartilhado na plataforma.


FALSO

Uma imagem de um projeto artístico em homenagem a vítimas do nazismo está circulando no WhatsApp como se retratasse infectados pelo coronavírus na China passando mal. A fotografia mostra dezenas de pessoas deitadas no meio da rua e a legenda da peça de desinformação diz que se tratam de doentes em Wuhan, onde começou a epidemia do coronavírus, "caindo por toda a cidade".

Por uma busca reversa na imagem, é possível ver que, a verdade, ela é de 2014 e foi tirada em Frankfurt pelo fotógrafo da Reuters Kai Pfaffenbach.

Segundo a legenda no site da agência, o momento capturado mostra um projeto artístico em que 528 pessoas deitaram nas ruas da cidade em homenagem a 528 vítimas do campo de concentração de Katzbach mortas em 1945.

O conteúdo enganoso também foi checado pelo E-farsas e pela Lupa no Brasil e pela AFP na França e nas Filipinas.

Referências:
1. Reuters
2. E-farsas
3. Agência Lupa
4. AFP
5. Aos Fatos


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.