É falso que mulher de Zelenski comprou carro de 4,4 milhões de euros

Compartilhe

Não é verdade que Olena Zelenska, mulher do presidente ucraniano Volodimir Zelenski, comprou um carro de luxo avaliado em 4,4 milhões de euros. As peças de desinformação que fazem essa alegação compartilham uma nota fiscal falsa de uma suposta transação ocorrida em uma concessionária da Bugatti em Paris. A loja negou que a compra tenha ocorrido.

Os conteúdos desinformativos acumulam milhares de compartilhamentos no X (ex-Twitter) e no Facebook até a tarde desta quinta-feira (4).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

A esposa do presidente ucraniano Zelensky acaba de comprou um carro esportivo Bugatti de 4,4 milhões de euros, com dinheiro dos contribuintes americanos. Eu acho é bem feito.

Publicações utilizam imagens de uma nota fiscal falsa para alegar que a esposa de Zelensky comprou um carro de luxo.

Publicações nas redes enganam ao alegar que a primeira-dama da Ucrânia teria comprado um veículo Bugatti por 4,4 milhões de euros. As peças desinformativas compartilham uma nota fiscal supostamente emitida por uma concessionária da fabricante em Paris, na França, como prova da aquisição. A loja, no entanto, emitiu um comunicado na última terça-feira (2) em que nega as alegações.


Além do comunicado da concessionária, a nota fiscal apresenta diversas inconsistências que põem em dúvida sua autenticidade. No campo que mostra o endereço da loja, por exemplo, o nome da comuna de Neuilly-sur-Seine está com a grafia errada.

Também não há especificação do valor dos impostos aplicados, requerimento legal em notas fiscais emitidas na França. Outras exigências do governo do país, como o número de identificação fiscal da empresa, também não estão presentes na imagem compartilhada pelas peças desinformativas.

Desinformação russa. A nota fiscal falsa é apenas uma parte da história. No exterior, circulam versões na qual um suposto funcionário da concessionária chamado Jacques Bertin denuncia a compra do carro pela esposa de Zelenski.

No entanto, a empresa afirma que não possui qualquer profissional com esse nome em seu quadro de funcionários. Além disso, a gravação possui diversos indícios de ser um deepfake, tecnologia que usa a inteligência artificial generativa para substituir rostos em vídeos.

Print de um deepfake criado para disseminar a notícia falsa de que a esposa de Zelenski teria comprado um carro de luxo em Paris.
Deepfake. Vídeo que mostra um suposto funcionário da concessionária utiliza inteligência artificial para substituir o rosto do homem.

O primeiro registro de que Zelenska teria adquirido um carro de luxo foi feito por um site francês que produz textos com a ajuda de ferramentas de inteligência artificial — algumas reportagens possuem, inclusive, as instruções (prompts) dadas à ferramenta de IA para construir o texto.

Print de uma matéria presente em um site com comandos feitos para uma ferramenta de IA no primeiro parágrafo.
Instruções para a IA. Já traduzida para o português, uma matéria publicada no site possui instruções para uma ferramenta de IA no primeiro parágrafo.

Especialistas apontam que há indícios de que a história faça parte de uma campanha de desinformação russa. Os dois países estão em guerra desde 2022. O objetivo seria desmoralizar a Ucrânia, especialmente entre regiões que apoiam financeiramente o país, como a União Europeia e os Estados Unidos.

Compartilhe

Leia também

falsoIdosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

Idosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

falsoLula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores

Lula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores

Como a ‘Abin paralela’ alimentou desinformadores com mentiras e dossiês

Como a ‘Abin paralela’ alimentou desinformadores com mentiras e dossiês