🕐 ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA EM Março de 2023. INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE TEXTO PODEM ESTAR DESATUALIZADAS OU TEREM MUDADO.

Lula e Paes não foram vaiados em estádio durante jogo do Vasco

Por Amanda Ribeiro

1 de março de 2023, 16h30

Não é verdade que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), foram vaiados no estádio São Januário durante o jogo do Vasco na segunda-feira (27). Além de o presidente ter cumprido agenda em Brasília nesta data, o vídeo que circula nas redes com a alegação enganosa é antigo: foi gravado em 27 de outubro do ano passado, durante a partida entre o time carioca e o Sampaio Corrêa. Nem Paes e nem Lula estiveram no estádio na ocasião.

Posts com a alegação enganosa acumulam 80 mil curtidas no Instagram e 1.300 compartilhamentos no Facebook até a tarde desta quarta-feira (1º). O conteúdo também circula no WhatsApp (fale com a Fátima), plataforma em que não é possível estimar o alcance.


Selo falso

Eduardo Paes levou o Lula ontem ao jogo do Vasco. Meu valoroso respeito a torcida vascaína, que recepcionou como devia esse b@ndid0.

Vídeo antigo circula nas redes para afirmar falsamente que Lula e Eduardo Paes foram vaiados ao comparecer a estádio no Rio

Um vídeo de outubro do ano passado em que torcedores gritam palavras de ordem contra o presidente Lula tem circulado nas redes para afirmar que o petista e o prefeito do Rio, Eduardo Paes, foram vaiados ao comparecerem ao estádio de São Januário na segunda-feira (27), na capital fluminense. Além da gravação ser antiga, Lula cumpria agenda em Brasília no dia 27. O mandatário também não estava presente no estádio na data em que o vídeo foi gravado.

A agenda oficial da Presidência mostra que Lula teve uma série de compromissos em Brasília na última segunda. Além de se reunir com ministros, secretários e o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), o presidente participou da cerimônia de Mobilização Nacional pela Vacinação, em Guará (DF). A última visita do presidente ao Rio de Janeiro foi em 6 de fevereiro para a posse do presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Aloizio Mercadante (PT).

O registro original do vídeo que circula nas redes foi feito no dia 27 de outubro de 2022, às vésperas do segundo turno das eleições presidenciais, durante a partida entre o Vasco e o Sampaio Corrêa. Na ocasião, apoiadores de Lula e do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) entraram em conflito, motivado pela presença do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) no estádio. Os torcedores gritaram palavras de ordem e alguns chegaram a se envolver em conflitos físicos.

Ainda no ano passado, essa gravação passou a circular nas redes acompanhada de legenda que afirmava que Lula e Paes estariam presentes no estádio. A informação foi negada pelas assessorias dos dois políticos ao Projeto Comprova. No dia 27 de outubro, data de seu aniversário, Lula estava em São Paulo.

O Vasco enfrentou o Boavista na segunda-feira (27) durante a nona rodada do Campeonato Carioca. Não há relatos na imprensa ou nas redes sociais de manifestações políticas de torcedores na partida. A assessoria de Eduardo Paes disse que ele também não compareceu ao jogo.

Referências:

1. Governo federal (1, 2 e 3)
2. Netvasco
3. Metrópoles
4. Comprova
5. UOL

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.