🕐 ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA EM Junho de 2023. INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE TEXTO PODEM ESTAR DESATUALIZADAS OU TEREM MUDADO.

É falso que Lula foi hostilizado durante visita a fábrica automotiva em Pernambuco

Por Luiz Fernando Menezes

7 de junho de 2023, 16h35

Não é verdade que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi chamado de “ladrão” enquanto visitava o polo automotivo de Goiana (PE) na última terça-feira (6), como afirmam peças de desinformação. Gravações feitas pela equipe presidencial e por veículos de imprensa mostram que, na verdade, os funcionários da fábrica ovacionaram o petista. O Aos Fatos também verificou que o áudio com os mesmos xingamentos aparece em vídeos publicados nas redes antes da visita do presidente ao polo automotivo, o que indica que se trata de uma edição.

O conteúdo enganoso acumulava milhares de visualizações no Kwai e no TikTok e centenas de compartilhamentos no Facebook até a tarde desta quarta-feira (7).


Selo falso

Lula xingado na Jeep.

Vídeo de visita de Lula a fábrica em Goiana tem áudio inserido para fazer crer que presidente foi hostilizado por trabalhadores

Publicações nas redes têm compartilhado um vídeo da visita de Lula à fábrica Stellantis, em Goiana (PE), acompanhado de um áudio falso para sugerir que o petista teria sido hostilizado pelos funcionários. O Aos Fatos não identificou a gravação original, mas diversos outros registros do mesmo momento e matérias publicadas na imprensa local atestam que, na verdade, o presidente foi ovacionado pelos presentes.

No vídeo publicado nas redes sociais do presidente (veja abaixo), por exemplo, é possível ver que os funcionários o aplaudiram e entoaram gritos de “Olê, olê, olê, olá, Lula, Lula” enquanto ele e a primeira-dama, Rosângela da Silva, caminhavam pela fábrica. Imagens semelhantes também foram publicadas pela imprensa local, pela TV Brasil e pela Secom.

A informação de que Lula foi bem recebido no polo automotivo também consta em notícias publicadas por jornais pernambucanos, como o Jornal do Commercio e o Diário de Pernambuco. Na ocasião, o presidente participou do lançamento simbólico de um modelo de picape que passará a ser produzido pela fábrica ao lado de políticos como a governadora Raquel Lyra (PSDB) e o prefeito do Recife, João Campos (PSB).

Além disso, há indícios de que o áudio presente no vídeo foi inserido. Em busca nas redes, o Aos Fatos encontrou os mesmos gritos de “vergonha” e “ladrão” em publicações feitas em momentos anteriores à visita de Lula à fábrica em Goiana. O primeiro post com a gravação identificado pela reportagem foi publicado no TikTok na última terça-feira (6) e mostra cenas do evento Bahia Farm Show.

De fato, outros vídeos do evento, ocorrido em Luís Eduardo Magalhães (BA), mostram pessoas gritando palavras de ordem contra Lula na bilheteria. O presidente participou da cerimônia de abertura, que ocorreu às 10h da última terça e teve acesso limitado. Já a visita à fábrica em Pernambuco ocorreu no período da tarde do mesmo dia, por volta das 16h.

Referências:

1. Facebook (Lula)
2. Folha de Pernambuco
3. TV Brasil
4. Poder360 (1 e 2)
5. Jornal do Commercio
6. Diário de Pernambuco
7. Bahia Farm Show

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.