Imagem é manipulada para mostrar Lula ao lado de traficante carioca

Compartilhe

Uma foto que circula nas redes foi manipulada para fazer crer que o traficante Celsinho da Vila Vintém, chefe da facção criminosa Amigos dos Amigos, aparece ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A imagem original mostra Lula junto ao deputado estadual André Ceciliano (PT-RJ), que se candidatou ao Senado neste ano e não se elegeu. A foto foi registrada em 25 de setembro, antes de Celsinho ser solto, e não em 20 de outubro, e não há registros de que ambos tenham se encontrado.

A postagem enganosa conta com 81,2 mil interações no TikTok, 16,3 mil compartilhamentos no Facebook e centenas de retuítes no Twitter nesta segunda-feira (24).


Selo falso

Aqui na esquerda temos o nervosinho da Odebrech fazendo ali o seu L de ladrão, atual prefeito do Rio de Janeiro, infelizmente. Aqui no meio temos o Lula, o endemoniado mais conhecido do Brasil e do mundo. E aqui na direita temos ninguém mais ninguém menos que Celsinho da Vila Vintém, o fundador da facção ADA, amigo dos amigos, o rival do Beira Mar.

Foto foi adulterada para substituir o deputado estadual André Ceciliano (PT) pelo traficante Celsinho da Vila do Vintém

Uma foto que circula nas redes foi adulterada com o objetivo de falsificar um encontro entre Lula e Celsinho da Vila Vintém, chefe da facção criminosa Amigos dos Amigos. Na manipulação, o rosto de André Ceciliano foi substituído pelo do traficante. O registro original foi feito em 25 de setembro, na escola de samba Portela, e publicado no site Enfoco.

A transmissão ao vivo do evento mostra que Lula estava ao lado de Ceciliano e do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD). Ambos desmentiram no Twitter que estivessem ao lado de Celsinho da Vila Vintém, assim como a assessoria de imprensa de Lula também afirmou por meio de nota que trata-se de uma montagem. Celsinho foi solto no dia 19 de outubro, após 20 anos de prisão — 24 dias depois do evento em que foi registrada a imagem original.

À esquerda, imagem manipulada, em que aparecem Eduardo Paes (esq.), Lula (centro) e o rosto de Celsinho da Vila Vintém no lugar do de André Ceciliano (dir.); à direita, a foto original, com o rosto de Ceciliano.
Montagem. Rosto de Celsinho foi inserido (esq.) na imagem original, que mostra André Ceciliano (dir.).

Não há registros de que Lula tenha se encontrado com Celsinho da Vila Vintém quando voltou ao Rio de Janeiro, no dia 20 de outubro. No vídeo também é dito que o PT teria pago R$ 1 milhão a uma facção para este evento, o que é negado pela campanha de Lula. Aos Fatos tentou contato com o homem que publicou o vídeo no TikTok, mas o perfil não aceita mensagens. A gravação também não está disponível entre as postagens.

Compartilhe

Leia também

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

falsoVídeo é editado para fazer crer que família Bolsonaro apoia pré-candidatura de Pablo Marçal

Vídeo é editado para fazer crer que família Bolsonaro apoia pré-candidatura de Pablo Marçal

falsoPosts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans

Posts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans