Foto de criança interagindo com grupo de sadomasoquismo não foi registrada na Parada LGBTQIA+ em São Paulo

Compartilhe

Não é verdade que uma foto que mostra uma criança interagindo com um grupo de BDSM — conjunto de práticas sexuais que envolve dominação e submissão — foi tirada na edição deste ano da Parada do Orgulho de São Paulo. A imagem compartilhada pelas peças de desinformação foi registrada, na realidade, durante um evento de promoção da diversidade ocorrido em Montreal, no Canadá, em 2019.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam 2.000 curtidas no Instagram e centenas de compartilhamentos no Facebook nesta quinta-feira (20).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Selo falso

Você concorda com essa cena protagonizada na última parada LGBTQIA+?

Criança interage com grupo de praticantes de BDSM durante Parada LGBTQIA+ de Montreal, no Canadá, em 2019.

Uma foto registrada durante a Parada do Orgulho de Montreal em 2019 tem sido compartilhada nas redes brasileiras como se mostrasse uma cena ocorrida no evento LGBTQIA+ de São Paulo do último dia 2. Por meio de busca reversa, Aos Fatos encontrou esse e outros registros do momento (veja aqui e aqui) que confirmam que a imagem é antiga e não foi registrada no Brasil.

Na cena, uma criança segura a bandeira LGBTQIA+ diante de um grupo de praticantes de BDSM. O registro do evento canadense mostra que as mesmas pessoas também interagiram com outras crianças ao longo do dia.

Leia mais
BIPE Imagens manipuladas ou fora de contexto geram discurso de ódio contra Parada LGBT+
Nas Redes Vídeo mostra cenas da Parada LGBTQIA+ em SP, não de protesto contra PL do Aborto

Em reportagem publicada em junho do ano passado, Aos Fatos mostrou que o caso é usado desde aquele ano para sugerir que a comunidade LGBTQIA+ promove a sexualização infantil, o que é mentira.

Referências

  1. YouTube (1 e 2)
  2. X
  3. Miles Astray
  4. Aos Fatos

Compartilhe

Leia também

Ações clandestinas da ‘Abin paralela’ realçam violências reais

Ações clandestinas da ‘Abin paralela’ realçam violências reais

falsoIdosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

Idosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

falsoLula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores

Lula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores