É falso que diretor do Datafolha confessou plano para fraudar urnas

Compartilhe

Não é de Mauro Paulino, ex-diretor do Datafolha, a voz que narra um suposto plano para fraudar as eleições, como afirmam postagens (veja aqui). O áudio foi gravado pelo humorista Warley Alberto Clauhs, que interpreta um personagem chamado Dr. Avacalho Ellys. Embora o conteúdo seja satírico, o vídeo começou a circular como se fosse real e atribuído a Paulino, que deixou o Datafolha em março para atuar como comentarista na GloboNews.

Publicações com a alegação enganosa somavam centenas de compartilhamentos no Facebook nesta quinta-feira (2) e circulam também no Instagram e no YouTube.


Selo falso

Em áudio vazado o diretor do Datafolha, Mauro Paulino, confessa plano para fraudar as urnas

Postagens que atribuem voz de humorista a ex-diretor do Datafolha

Um áudio satírico sobre um suposto plano para fraudar as eleições e as pesquisas eleitorais está sendo compartilhado como verdadeiro e atribuído falsamente a Mauro Paulino, ex-diretor do Datafolha. Aos Fatos localizou a gravação original, publicada em formato de vídeo em abril no canal do humorista e imitador Warley Alberto Clauhs no YouTube. Paulino deixou o instituto de pesquisas em março.

No vídeo, Clauhs interpreta o personagem Dr. Avacalho Ellhys, que seria líder dos advogados do PT. Ele diz que as pesquisas eleitorais têm o papel de convencer a população de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está na frente e, dessa forma, desmobilizar questionamentos a uma eventual vitória dele na eleição presidencial.

Clauhs tem um canal no Kwai, no qual o personagem fictício também é apresentado, de forma satírica, como advogado das empresas fabricantes de vacinas contra a Covid-19 e de outros políticos brasileiros, como os ex-governadores João Doria (PSDB), de São Paulo, e Rui Costa (PT), da Bahia. Também conhecido como “Nana Arroba”, o comediante se candidatou a vereador em Açailândia (MA) em 2016, pelo PP, e na cidade de Rondon do Pará (PA) em 2020, pelo Republicanos. Nos dois pleitos se classificou para ocupar uma vaga de suplente.

Mauro Paulino, citado nas peças checadas, dirigiu o Datafolha até março deste ano, quando foi sucedido pela executiva Luciana Chong, atual diretora do instituto. Em abril, Paulino foi anunciado como comentarista da GloboNews.


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Referências

  1. YouTube
  2. Kwai
  3. TSE (1 e 2)
  4. Folha de S.Paulo (1 e 2)

Compartilhe

Leia também

Por um uso ético da IA no jornalismo

Por um uso ético da IA no jornalismo

falsoBolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

Bolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas