É falso que Lula ficou hospedado na Itália em hotel com diária de R$ 71 mil

Compartilhe

Não é verdade que o presidente Lula (PT) se hospedou durante a reunião do G7, realizada neste mês na Itália, em um hotel cujas diárias equivalem a R$ 71 mil. Diferentemente do que alegam publicações nas redes, o presidente ficou instalado no Sole in Me Resort, cuja diária mais cara custa cerca de R$ 3.940.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam 5.000 compartilhamentos no Facebook e 2.000 curtidas no Instagram até a tarde desta segunda-feira (24).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Hotel de Lula e Janja na Itália tem diária de R$71 mil. No Borgo Egnazia, um dos cinco estrelas mais caros da Europa

Posts mostram foto do hotel Borgo Egnazia, na Itália, e enganam ao afirmar que Lula ficou hospedado no local e pagou diárias de R$ 71 milPosts enganam ao afirmar que Lula se hospedou no hotel Borgo Egnazia, na Itália, e pagou R$ 71 mil por diária durante a viagem que fez para participar da cúpula do G7, entre os dias 14 e 15 de junho. Em nota enviada ao Aos Fatos, a Secom (Secretaria de Comunicação Social) informou que o presidente e a primeira-dama, Janja Lula da Silva, ficaram instalados no Sole in Me Resort, que não tem quartos com tarifas neste valor.

Uma simulação feita pela reportagem no site do hotel para os dias 4 e 5 de julho — entre quinta e sexta-feira, mesmos dias da semana em que Lula e Janja ficaram hospedados no estabelecimento — retornou diárias de até 620 euros (cerca de R$ 3.580, na cotação atual). Em outra simulação, desta vez entre os dias 26 e 28 de julho (entre sexta-feira e domingo), o valor total de cada diária foi de 682 euros (cerca de R$ 3.940).

Dados do Portal da Transparência mostram que o governo empenhou cerca de R$ 300 mil na recente viagem à Itália, entre hospedagens para Lula, Janja e a comitiva presidencial, o aluguel de equipamentos e a contratação de um cerimonial. Os gastos apenas com hospedagem ficaram em torno de R$ 272 mil, divididos em duas notas, emitidas em maio e junho.

Leia mais
Nas Redes É falso que Giorgia Meloni se recusou a abraçar Lula no G7
Nas Redes É falso que Lula foi isolado por líderes mundiais durante o G7
Nas Redes Lula não foi retirado da foto oficial do G7

Apesar de ter negado que a diária de Lula na Itália tenha custado R$ 71 mil, a Secom não informou o valor exato pago pela hospedagem, tampouco o número de pessoas que integravam a comitiva presidencial. A secretaria orientou que a reportagem procurasse o Itamaraty para obter os números exatos. Questionado, o Itamaraty orientou procurar a Secom e consultar os gastos no Portal da Transparência, que não faz a discriminação de valores individuais.

Lula e Janja estiveram no hotel mencionado pelas peças de desinformação apenas para participar do encontro do G7, mas não se hospedaram no local. Isso pode ser verificado no Portal da Transparência, que não traz valores empenhados para o Borgo Egnazia.

Ainda que tivessem se instalado no local, no entanto, o presidente e a primeira-dama não teriam pago diárias no valor informado pelas peças de desinformação. As tarifas do hotel variam entre 2.150 e 6.520 euros (entre R$ 12.500 e R$ 37.700). As somas foram obtidas a partir de uma simulação feita no site do estabelecimento para o período de 4 a 5 de julho.

Referências

  1. Governo Federal
  2. Sole in Me Resort
  3. Portal da Transparência (1, 2 e 3)
  4. Folha de S.Paulo

Compartilhe

Leia também

Federal Police investigation uncovers illegal operation targeting Aos Fatos

Federal Police investigation uncovers illegal operation targeting Aos Fatos

falsoDiscurso sobre ‘califado conquistar Paris’ é de 2020 e não tem relação com eleições francesas

Discurso sobre ‘califado conquistar Paris’ é de 2020 e não tem relação com eleições francesas

falsoDeputado do PT não disse que governo está sem dinheiro

Deputado do PT não disse que governo está sem dinheiro