🕐 ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA EM Junho de 2023. INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE TEXTO PODEM ESTAR DESATUALIZADAS OU TEREM MUDADO.

É falso que deputado Girão ordenou que código-fonte das urnas fosse ‘tomado à força’ do TSE

Por Bianca Bortolon

19 de junho de 2023, 18h18

Não é verdade que o deputado federal General Girão (PL-RN) ordenou em junho deste ano que o código-fonte das urnas eletrônicas fosse “tomado à força” do presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes. Peças de desinformação que circulam nas redes distorcem o sentido de uma fala do parlamentar em audiência pública no Senado em 2022. Na ocasião, Girão criticava policiais federais que cumpriam ordens de prisão expedidas pelo STF contra bolsonaristas.

As publicações com o contexto enganoso acumulam ao menos 8.000 compartilhamentos no Facebook e 340 mil visualizações no TikTok até a tarde desta segunda-feira (19). O conteúdo também circula no WhatsApp, plataforma na qual não é possível estimar o alcance (fale com a Fátima).


Selo falso

General Manda Tomar Código Fonte a Força De Moraes. Com a Paciência Pouca Ele Abre o Jogo: “Vou Mostrar Quem Manda”. A Paciência Acabou.

Posts distorcem sentido de fala de General Girão para alegar que deputado ordenou que o código-fonte das urnas eletrônicas fosse tomado do ministro Alexandre de Moraes

Um vídeo de novembro de 2022 que mostra o deputado federal General Girão criticando a atuação de policiais federais que cumpriam ordens de prisão expedidas pelo STF contra bolsonaristas circula fora de contexto como se fosse atual. Na legenda da gravação, os posts desinformativos apontam que o parlamentar teria ordenado que o código-fonte das urnas eletrônicas fosse tomado à força do TSE, o que também não é verdade.

A fala do deputado ocorreu durante audiência da Comissão de Transparência, Fiscalização e Controle do Senado, que discutia a fiscalização das inserções de propagandas políticas eleitorais. Apesar do evento ter sido palco para disseminação de mentiras sobre as urnas eletrônicas, como mostrou o Aos Fatos, Girão não fez qualquer menção aos equipamentos na ocasião.

Leia mais
BIPE Audiência no Senado dissemina mentiras sobre as urnas e o sistema eleitoral brasileiro

No discurso compartilhado pelas peças desinfomativas, o parlamentar se pronunciou a favor dos golpistas que protestavam em rodovias e em frente aos quartéis do Exército contra o resultado das eleições presidenciais de 2022. Ele também se posicionou contra a atuação da Polícia Federal, que cumpriu ordens de prisão expedidas pelo STF contra parlamentares bolsonaristas.

O código-fonte é um conjunto de arquivos que contém instruções sobre todos os processos a serem executados pelas urnas eletrônicas. Segundo o TSE, os arquivos usados nas eleições de 2022 foram abertos para entidades fiscalizadoras e inspecionados por diversas instituições, como a Polícia Federal e as Forças Armadas.

Referências:

1. Aos Fatos
2. Senado Federal
3. CNN Brasil
4. TSE (1 e 2)
5. Justiça Eleitoral

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.