🕐 ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA EM Junho de 2023. INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE TEXTO PODEM ESTAR DESATUALIZADAS OU TEREM MUDADO.

É falso que Alexandre de Moraes ameaçou prender arcebispo

Por Milena Mangabeira

16 de junho de 2023, 16h34

Não é verdade que o ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), tenha ameaçado prender o arcebispo Paulo Garcia, da Igreja Episcopal Carismática do Brasil, e que o governo Lula (PT) esteja perseguindo católicos, como alegam publicações que circulam nas redes. Além de o vídeo não ser recente, o STF negou qualquer inquérito contra o religioso e não há indícios de perseguição contra denominações religiosas no Brasil por parte do governo federal.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam mais de 350 mil visualizações no TikTok e ao menos 77 mil compartilhamentos no Facebook até a tarde desta sexta-feira (16).


Selo falso

Alguém tem que parar essa perseguição! Dom Paulo Garcia. Igrejas Católicas estão sendo perseguidas pelo atual governo. Alexandre de Moraes ameaçou prender Dom Paulo Garcia por causa desse vídeo. Desabafa sobre situação no Brasil.

Não é verdade que Alexandre de Moraes tenha ameaçado prender religioso e não há indícios de perseguição às igrejas católicas no Brasil

É falso que o ministro Alexandre de Moraes, do STF, tenha ameaçado prender o arcebispo Paulo Garcia, da Igreja Episcopal Carismática do Brasil, como alegam publicações nas redes sociais. Em nota, o STF afirmou que não há qualquer inquérito em nome do religioso.

Peças utilizam trecho de um vídeo publicado no YouTube da paróquia no dia 22 de agosto de 2021, no qual o arcebispo compartilha sua opinião com fiéis sobre bloqueios de perfis em redes sociais e ações do Judiciário brasileiro.

Publicações também mentem ao alegar perseguição contra a igreja católica por parte do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Não há qualquer indício de que o governo federal esteja perseguindo católicos ou qualquer denominação religiosa do país. Além disso, Dom Paulo Garcia, na verdade, faz parte da Igreja Episcopal Carismática do Brasil, que não tem relação com a Igreja Católica Apostólica Romana.

Essa peça também foi checada pelo Boatos.org e Estadão Verifica.

Referências:

1. STF
2. YouTube
3. Boatos.org
4. O Estado de S. Paulo

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.