🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

É montagem foto que mostra torre em Dubai projetando a bandeira de Israel

Por Luiz Fernando Menezes

27 de agosto de 2020, 18h22

Não é verdadeira a imagem que mostra a torre Burj Khalifa, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, iluminada com a bandeira de Israel para homenagear o acordo diplomático assinado entre os dois países em 13 de agosto. Trata-se de uma edição digital de uma imagem publicada em 2015 e que não mostra nenhuma projeção.

A foto manipulada (veja aqui) começou a circular nas redes sociais em bengali e hindi antes de ser publicada em português. A versão nacional da peça de desinformação já passava de 1.000 compartilhamentos no Facebook nesta quinta-feira (27) e foi marcada com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (entenda como funciona).


FALSO

No dia 13 de agosto, Israel e Emirados Árabes Unidos assinaram um acordo para a normalização das relações diplomáticas, no qual os israelenses se comprometeram a suspender planos de anexar partes da Cisjordânia. Após a decisão, passou a circular nas redes sociais de diversos países imagens da torre Burj Khalifa, em Dubai, com uma iluminação que lembra a bandeira israelense, como se fosse uma celebração do acordo diplomático. A foto, no entanto, é uma montagem: em busca reversa, Aos Fatos verificou que a imagem original foi publicada em 2015 e não tinha nenhuma projeção (veja comparação abaixo).

A torre, de fato, já homenageou alguns países em ocasiões especiais, como pode ser verificado em seu perfil oficial no Twitter. No dia 24 de agosto, por exemplo, foi mostrada a bandeira da Ucrânia em celebração do dia da independência do país. Já no dia 18, foi projetada a bandeira do Afeganistão em comemoração à mesma data. Não há registro de nenhuma homenagem ao acordo de Israel com os Emirados Árabes.

Antes de circular no Brasil, a foto manipulada foi desmentida pelas equipes do Boom Bangladesh, da TTV India e da AFP Indonésia. O Fato ou Fake também classificou a imagem como falsa.

Referências:

1. G1

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.