É montagem foto que mostra Gustavo Petro ao lado de Pablo Escobar

Por Luiz Fernando Menezes

22 de junho de 2022, 18h34

Não é verdadeira a imagem que mostra Gustavo Petro, presidente eleito da Colômbia, ao lado do traficante Pablo Escobar (1949-1993), como afirmam postagens (veja aqui). Uma foto real que mostra Escobar ao lado de outras pessoas foi manipulada digitalmente para inserir um registro do rosto de Petro feito em 1994.

O conteúdo enganoso reunia ao menos 1.000 compartilhamentos no Facebook nesta quarta-feira (22) e também tem sido disseminado no WhatsApp (fale com a Fátima).


Selo falso

Montagem inseriu rosto de Gustavo Petro em foto que mostra Pablo Escobar

Publicações nas redes sociais compartilham uma imagem em que o rosto do presidente eleito da Colômbia, Gustavo Petro, foi inserido digitalmente sobre o de um homem sem camisa, não identificado, que está sentado ao lado do traficante colombiano Pablo Escobar, morto em 1993. A foto original foi publicada por Jhon Jairo Velásquez Vásquez, em seu perfil no Facebook (veja abaixo).

Comparação entre montagem e fotos originais atesta edição
Edição. Rosto de homem não identificado ao lado de Pablo Escobar foi substituído por retrato de Petro registrado em 1994.

A data em que a imagem foi registrada não foi divulgada. Segundo a agência de checagem Colombiacheck, é possível estimar que o registro foi feito entre o final da década de 1980 e início da década de 1990 porque um dos homens da foto original, que enquadra mais pessoas, é Gustavo de Jesús Gaviria, primo de Escobar morto em 11 de agosto de 1990.

A imagem do rosto de Petro foi retirada de uma foto em que ele aparece ao lado do ex-presidente venezuelano Hugo Chávez (1954-2013), em julho de 1994, em Bogotá. A mesma imagem aparece em sites como o La Silla Vacía e Pacifista como um registro feito pela rede colombiana de notícias Colprensa.

A montagem de Petro também foi checada pelo Boatos.org, pela AFP Checamos e pelo português Observador. Antes de circular em língua portuguesa, a publicação também foi compartilhada em língua espanhola.

Referências:

1. Dailymail
2. El País
3. La Silla Vacía
4. Pacifista


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.