🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

É montagem foto de Doria grafitando símbolo comunista em muro

Por Luiz Fernando Menezes

13 de abril de 2020, 16h35

Uma foto que circula nas redes sociais e mostra o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), desenhando o símbolo do comunismo em um muro é uma montagem. Segundo as publicações que compartilham a imagem, o tucano fazia uma homenagem à China. No entanto, na foto original, registrada em 2017, Doria grafitava um coração vermelho em um muro azul para comemorar a inauguração do MAR (Museu de Arte de Rua).

O conteúdo enganoso circula desde sábado (11) no Facebook em posts que, juntos, reuniam ao menos 30 mil compartilhamentos até a tarde tarde desta segunda-feira (13). Todas as publicações foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (saiba como funciona).


FALSO

Circula nas redes sociais uma foto que mostra o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), grafitando em um muro a foice e o martelo, símbolos do comunismo. A imagem, além de editada, é antiga.

Na original, clicada em maio de 2017 por Sérgio Castro, do Estadão, o então prefeito da capital paulista desenhava um coração em um muro da zona norte de São Paulo. A ação era parte da inauguração da primeira área do MAR (Museu de Arte de Rua), projeto que selecionou grafiteiros para ocuparem espaços públicos da cidade. Compare:

Algumas publicações são acompanhadas da informação de que Doria teria dado voz de prisão para pessoas que saírem nas ruas. O governador de fato disse no dia 9 de abril que cogitava mandar prender quem violasse regras de isolamento social no estado. Até o momento, no entanto, medidas nesse sentido não foram registradas.

O Estadão Verifica também checou esta imagem.

Referências:

1. Estadão
2. G1

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.