É falso que Zé Vaqueiro foi vaiado em show no Pará ao falar 'Fora Bolsonaro'

Por Marco Faustino

1 de outubro de 2021, 12h32

Não é verdade que o cantor Zé Vaqueiro foi vaiado e expulso pela plateia de um show que fazia em Abaetetuba (PA) após dizer “Fora Bolsonaro”. O vídeo que circula com esta alegação nas redes sociais (veja aqui) mostra apenas um momento em que o artista havia interrompido a apresentação e incentivado o público a vaiar um espectador que se comportava de forma violenta. Na ocasião, Zé Vaqueiro não se posicionou politicamente.

O conteúdo enganoso acumulava ao menos 55.600 compartilhamentos em publicações no Facebook nesta sexta-feira (1).


Zé Vaqueiro no seu show em Abaetetuba falou fora Bozo e a galera expulsou ele

Um vídeo gravado durante um show de Zé Vaqueiro em Abaetetuba (PA) em 18 de setembro deste ano circula em posts nas redes sociais fora de contexto, como se o cantor tivesse sido hostilizado pela plateia após falar "Fora Bolsonaro". Na realidade, as imagens mostram um dos momentos em que o artista interrompeu a apresentação e pediu que o público vaiasse um espectador que agia de forma violenta com mulheres.

Como mostra uma transmissão no Facebook do evento, Zé Vaqueiro interrompeu primeiro o show após identificar um casal brigando no meio na plateia e pediu que o público os vaiasse. Cerca de quatro minutos depois, o cantor parou a apresentação novamente e disse que o mesmo homem estaria machucando outras mulheres e incentivou, ironicamente, que os demais espectadores o aplaudissem. Em nenhum momento, o artista se posicionou em relação ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Esta peça de desinformação também foi checada pelo Boatos.org e pela Lupa.

Referências:

1. Facebook

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.