🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

É falso que vídeo mostre Bolsonaro sendo expulso de jogo do Flamengo no domingo

Por Luiz Fernando Menezes

17 de fevereiro de 2020, 16h20

Um vídeo de setembro de 2017 que mostra o hoje presidente Jair Bolsonaro deixando a Fumec (Fundação Mineira de Educação e Cultura) em meio a um protesto de ex-estudantes circula nas redes como se fosse atual e gravado no jogo Flamengo e Athletico Paranaense de domingo (16), em Brasília (veja aqui). Os posts afirmam, de maneira enganosa, que ele teria sido expulso do estádio sob vaias da torcida.

A gravação fora de contexto tem sido compartilhada por sites, páginas e perfis pessoais no Facebook, reunindo, até a tarde desta segunda-feira (17), ao menos 15 mil compartilhamentos. Essas publicações foram marcadas como FALSO na ferramenta de verificação disponibilizada pela rede social (entenda como funciona).


FALSO

O presidente Jair Bolsonaro foi expulso do jogo entre Flamengo e Atlhetico-PR, partida da Supercopa do Brasil no Mané Garrincha, em Brasília, neste domingo (16). Aos gritos de “Fora Bolsonaro!”, o presidente precisou ser escoltado por seguranças para fora do estádio. O ex-capitão estava acompanhado dos ministros Sergio Moro, Augusto Heleno, Damares Alves e Tarcísio de Freitas.

Não foi gravado durante o jogo entre Flamengo e Athletico Paranaense no domingo (16) o vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro é vaiado e deixa um local pelas escadas. Diferente do que afirmam publicações nas redes sociais, a gravação foi feita em 15 de setembro de 2017, em Belo Horizonte. Na ocasião, o então pré-candidato à Presidência fez uma palestra na FUMEC (Fundação Mineira de Educação e Cultura) e, ao sair, enfrentou um protesto de ex-estudantes da instituição. Ou seja, nem no contexto original das imagens Bolsonaro foi expulso.

Em nota enviada ao Aos Fatos, a universidade reconheceu que o vídeo foi gravado em suas dependências. Páginas de Facebook também reproduziram as mesmas imagens dentro do contexto correto dias após o ocorrido.

O presidente, de fato, assistiu ao jogo entre Flamengo e Athlético Paranaense no estádio Mané Garrincha no domingo (16). Ele estava acompanhado dos ministros Sergio Moro (Justiça), Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), Tarcísio Freitas (Infraestrutura), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Jorge Oliveira (Secretaria-Geral da Presidência). Aos Fatos não encontrou registros de que qualquer um deles tenha sido expulso do local por hostilidade da torcida.

Referências:

1. Sou BH
2. Jornal de Brasília

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.