É falso que seja de Pazuello frase com ameaças à Folha e ao UOL

Por Luiz Fernando Menezes

8 de junho de 2021, 11h12

Não é verdade que seja do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello a frase "gostaria de avisar à Folha e ao UOL que vocês não estão brincando com moleques ou com os bandidos que vocês estão acostumados a lidar, e que não aceitaremos, repito, não aceitaremos intimidações e difamações", como sugerem posts nas redes sociais (veja aqui). O texto, na realidade, foi escrito por um usuário do Twitter e publicado na plataforma no início de junho.

Esta peça de desinformação reunia ao menos 4.600 compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (8) e foi marcada com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (veja como funciona).


Pazuello: ‘Gostaria de avisar a Folha e a UOL que vocês não estão brincando com moleques ou com os bandidos que vocês estão acostumados a lidar e que não aceitaremos, repito, não aceitaremos intimidações e difamações”.

Imagem de post desinformativo atribuindo frase de usuário no Twitter ao ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuell

Uma frase com ameaças à Folha de S.Paulo e ao UOL circula em posts nas redes sociais atribuída ao ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, mas não foi dita por ele. Além de não existirem registros de que o general tenha dado esta declaração, Aos Fatos identificou que o texto foi escrito por um usuário do Twitter e publicado na plataforma neste mês.

No dia 3 de junho, o advogado Emerson Grigollette postou em seu perfil pessoal no Twitter exatamente a mesma frase agora atribuída ao ex-ministro. Procurado por Aos Fatos por email nesta segunda-feira (7), ele não respondeu até a publicação desta checagem.

Foto de tuíte de Emerson Grigollette

No dia seguinte, 4 de junho, a declaração apareceu com uma foto do ex-ministro no perfil de Instagram @eduardo.pazuello, que é mantido por apoiadores do general, sugerindo que ele teria dito a frase. Pazuello não tem contas oficiais em redes sociais. Aos Fatos entrou em contato com o Palácio do Planalto na segunda (7) para pedir um posicionamento do general sobre as publicações, mas não houve retorno.

Foto de publicação de página de apoiadores do ex-ministro da Saúde Pazuello atribuindo erroneamente uma frase ao general
Original. Publicação foi feita por página de apoio ao ex-ministro.

Referências:

1. Twitter (@emergrigollette)

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.