É falso que Lula disse que pobre tem que comer carne de terceira e sofrer

Por Marco Faustino

16 de novembro de 2021, 12h33

O vídeo de um discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi editado e compartilhado nas redes sociais para sugerir que ele falou que pobre não deve comer carne de primeira nem andar de avião, entre outras ofensas (veja aqui). Na fala completa, disponível na página do petista no Facebook e publicada por veículos de imprensa, Lula critica a visão que, na sua opinião, a elite brasileira tem da parcela mais pobre da sociedade.

O vídeo editado somava ao menos 4.000 compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (16).


Selo falso

Lula diz que pobre não tem que comer carne de primeira, pobre tem que comer carne de terceira. Pobre tem que sofrer.

Postagens enganam ao disseminar uma versão editada e descontextualizada de um discurso feito por Lula na cidade de Monteiro (PB), em 19 de março de 2017, para dar a entender que sua fala é de ataque aos pobres. No vídeo original, é possível verificar que o ex-presidente se referia, na verdade, ao que ele julga ser o pensamento da “elite brasileira”.

Na fala completa, Lula diz: “E me parece que a elite brasileira, que uma parte dos ricos desse país, não querem que o povo pobre tenha acesso a coisas boas. ‘Ah, porque pobre, Ricardo [Coutinho, ex-governador da Paraíba], pobre não tem que comer carne de primeira, pobre tem que comer carne de terceira. Pobre não tem que ir na feira comprar produto fresco, de primeira qualidade, ele tem que ir depois que dá meio dia para pegar o resto. Pobre não tem que comer peito de frango ou coxa de frango, tem que comer pescoço ou pé de frango. Pobre não tem que andar de avião, tem que andar de caminhão. Pobre não tem que estar na universidade, tem que nascer e morrer analfabeto, porque pobre nasceu para trabalhar’”.

O vídeo que compõe a peça desinformativa começa da seguinte parte do discurso: “pobre não tem que comer carne de primeira”, sugerindo que essa e as demais ofensas são a opinião do ex-presidente.

O vídeo também exclui a fala que se segue à crítica: “Nós aprendemos a dizer para eles. Nós queremos estudar na escola técnica, na universidade, nós queremos andar de avião, nós queremos comer coxa de frango, peito de frango, carne de primeira. Nós queremos que nosso filho seja doutor, porque pobre não nasceu para ser pedreiro ou servente de pedreiro, sem nenhum desdém à profissão. Mas nós queremos ser médico, engenheiro”.

Um vídeo que mostra o discurso original, filmado de um ângulo semelhante ao do vídeo editado, está disponível no canal da TV Zaine, no YouTube (a partir de 20:12). A fala completa de Lula também pode ser conferida em vídeos disponíveis na página oficial do ex-presidente no Facebook (a partir dos 8 minutos) e em vídeo divulgado pela rádio Pajeú (a partir de 17:04).

A peça de desinformação tem origem em um vídeo no TikTok no qual um homem chamado Silvano Regino reage à fala de Lula com críticas ao ex-presidente. Procurado pelo Aos Fatos, Regino não retornou até a publicação desta checagem.

A publicação enganosa também foi checada pela Agência Lupa.

Referências:

1. G1
2. YouTube (Fontes 1 e 2)
3. Facebook



Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos do Facebook. Veja aqui como funciona a parceria.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.