🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

É falso que internações por Covid-19 em Santarém caíram após visita de Pazuello

Por Luiz Fernando Menezes

19 de fevereiro de 2021, 16h46

Não é verdade que o número de pacientes internados por Covid-19 em Santarém (PA) caiu logo após a visita do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nesta quinta-feira (18), como afirmam mensagens nas redes sociais (veja aqui). A taxa de ocupação tanto de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) quanto de enfermaria ficou estagnada nos últimos sete dias, conforme os boletins epidemiológicos da prefeitura.

Publicações com a afirmação enganosa acumulavam ao menos 700 compartilhamentos no Facebook até a tarde desta sexta-feira (19) e foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação disponibilizada pela rede social (saiba como funciona).


Eduardo Pazuello, General do Exército e Ministro da Saúde do Brasil, foi até Santarém-PA e operou um verdadeiro milagre. Por semanas, o Governador do Pará e o Prefeito da cidade estavam decretando Lockdown, fechando tudo e divulgando várias mortes por COVID. Foi só Pazuello dizer que estava chegando e 20 pacientes ficaram, imediatamente, curados da doença. E, assim que chegou, terminou o Lockdown. Foi milagre, ou o medo tomou conta dos governantes? O General precisa passar mais tempo por aqui…

É falso que o número de internações por Covid-19 em Santarém (PA) teria caído logo após a visita do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. O general visitou a cidade na última quinta-feira (18) para participar da inauguração de um hospital de campanha às 14h e, diferentemente do que sugerem as peças de desinformação, não houve registro de queda no número de internados pela infecção causada pelo novo coronavírus.

Segundo o boletim mais recente, divulgado pela prefeitura de Santarém na noite de ontem, 50 leitos de UTI e 123 leitos clínicos estavam ocupados com casos confirmados ou suspeitos da infecção. Esse número não representa queda em relação aos últimos sete dias, como é possível verificar no gráfico abaixo.

Os dados de novos casos e mortes confirmadas também não diminuíram bruscamente no dia da visita de Pazuello, como alega a postagem nas redes. No dia 18, foram computados 39 novos casos e duas mortes. Um dia antes, Santarém registrou 42 novos casos e mais duas mortes.

Ainda que seja verdadeira a informação de que o lockdown em Santarém foi encerrado nesta sexta-feira (19), um dia após a visita do ministro, não é possível relacionar os dois acontecimentos. O decreto municipal nº 645/2021, que regulamenta a medida de isolamento até o dia 19, já havia sido publicado no dia 14 de fevereiro.

Por mais que o convite para participar da cerimônia tenha sido feito via ofício no dia 11, a confirmação da visita de Pazuello à cidade se deu apenas no dia 17.

Essa é a segunda peça de desinformação que sugere que dados estariam sendo corrigidos após visita do general. No começo deste mês circularam nas redes mensagens que diziam que as mortes no Amazonas teriam caído 99% após Pazuello chegar ao estado, o que também não era verdade.

Referências:

1. Ministério da Saúde
2. Agência Pará
3. Prefeitura de Santarém (Fontes 1, 2, 3 e 4)
5. Aos Fatos


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.