É falso que homem apareceu armado em reportagem da TV Globo sobre violência policial

Por Marco Faustino

17 de maio de 2021, 12h45

Publicações nas redes sociais enganam ao afirmar que um homem apareceu armado em uma reportagem da TV Globo sobre violência policial contra população inocente (veja aqui). Além de o tema da matéria, exibida em 2019, ser o abandono de uma escola em São João de Meriti (RJ), o rapaz que está de tornozeleira eletrônica nas imagens não portava uma arma de fogo. O volume sob a blusa dele foi causado pela bermuda que usava, como ele esclareceu em vídeo posteriormente.

Publicações com o conteúdo enganoso reuniam ao menos 17.000 compartilhamentos no Facebook nesta segunda-feira (17) e foram marcados com o selo FALSO na ferramenta de verificação ‌(‌saiba‌ ‌como‌ ‌funciona‌).


Reportagem do G1 sobre violência policial contra a população inocente

Não é verdade que a TV Globo tenha exibido uma reportagem sobre violência policial em que um homem armado aparece ao lado da jornalista da emissora, como alegam posts nas redes sociais. A matéria, que tem apenas um trecho compartilhado pelas publicações, falava sobre o abandono de uma escola estadual em São João de Meriti (RJ), e o rapaz de tornozeleira eletrônica que aparece nas imagens não portava uma arma: o volume sob a blusa foi causado pelo acabamento da bermuda que ele usava.

A reportagem foi exibida em 2 maio de 2019, no RJ1, da TV Globo, dentro do quadro RJ Móvel, em que a repórter Susana Naspolini denuncia problemas enfrentados por cidadãos e pede respostas das autoridades. Na ocasião, moradores do bairro Éden cobravam um destino para o terreno da escola, que havia se tornado um lixão e criadouro de mosquitos.

Em dado momento da reportagem, um homem de tornozeleira eletrônica, que Aos Fatos não conseguiu identificar, aparece ao lado da repórter. O volume sob sua blusa na altura da cintura teria levantado suspeitas de que ele estivesse armado, mas em um vídeo gravado após a exibição do quadro, ele demonstrou que tratava-se do acabamento de sua bermuda.

Esta peça de desinformação circula desde que a reportagem foi ao ar na TV Globo, em 2019, mas ganhou novo fôlego após a operação da Polícia Civil no Jacarezinho, no Rio de Janeiro, que terminou com 28 mortos no dia 6 de maio deste ano.

Referências:

1. Globoplay
2. Facebook
3. Folha

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.