🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

É falso que governo do Ceará simulou caos hospitalar em vídeo; gravação é de Israel

Por Marco Faustino

23 de março de 2021, 15h13

Um vídeo que mostra profissionais de saúde em meio a cinegrafistas e fotógrafos em um ambiente hospitalar tem sido difundido nas redes sociais como se revelasse uma encenação feita pelo governador Camilo Santana (PT-CE) para forjar a gravidade da Covid-19 no Ceará (veja aqui). No entanto, o Aos Fatos identificou, por meio de busca reversa de imagens, que o vídeo foi gravado no Centro Médico Shamir, em Israel.

Postagens com o conteúdo enganoso reuniam ao menos centenas de compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (23) e foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (entenda como funciona). A peça de desinformação também circula no WhatsApp, mas, devido à natureza do aplicativo, não é possível estimar seu alcance.


Teatro da Covid-19 no Ceará

Postagens nas redes sociais compartilham um vídeo que traz declaração do governador Camilo Santana (PT-CE) sobre a situação da Covid-19 no Ceará seguida de imagens que mostram cinegrafistas em um ambiente hospitalar. De acordo com as postagens, as cenas revelam um "teatro" do governo do estado para forjar a gravidade da pandemia. Porém, o governo do Ceará negou que o vídeo tenha sido gravado em uma de suas unidades de saúde, e o Aos Fatos identificou que as imagens são do Centro Médico Shamir, em Israel.

Por meio de busca reversa de imagens, foi encontrada uma versão estendida do vídeo. Ao compará-lo com outra filmagem publicada na conta do Centro Médico Shamir no YouTube em novembro, foi possível constatar que se trata do mesmo local. É possível ver nas duas gravações os mesmos elementos do vídeo que circula nas redes no Brasil, tais como câmeras de segurança, uniforme dos profissionais de saúde em hebraico, cor das paredes e dutos de ventilação.


Comparativo. Vídeo que circula como se tivesse sido gravado no Ceará (acima) tem elementos semelhantes aos que aparecem em outro, publicado no YouTube do Centro Médico Shamir, em Israel.

Em resposta à agência de checagem alemã DPA, o hospital confirmou que a gravação foi feita no início de março deste ano para mostrar a conversão temporária de um dos andares do estacionamento em leitos hospitalares para o atendimento de pacientes com Covid-19.

“Trata-se de uma demonstração de como o estacionamento pode ser transformado em enfermaria. Os médicos que participam da gravação são médicos reais. Já os pacientes são adolescentes na faixa etária de 18 anos, que também trabalham no hospital”, diz trecho da nota.

Ceará. As imagens do hospital aparecem na segunda metade do vídeo, logo após uma fala do governador cearense sobre sua estratégia de combate ao novo coronavírus. A declaração é verdadeira e foi publicada na conta oficial do Jornal Jangadeiro no Instagram no dia 16 de março.

Segundo dados recentes da plataforma IntegraSUS, da Secretaria do Estado de Saúde do Ceará, cerca de 92% dos leitos de UTIs destinados a pacientes de Covid-19 estão ocupados. A taxa de ocupação dos leitos de enfermaria está em 81%. A capital do estado, Fortaleza, chegou a maior lotação de UTIs para adultos desde o início da pandemia, cerca de 97,16% na segunda-feira (22)

Esta peça de desinformação também foi checada pela Agência Lupa e Boatos.org.

Referências:

1. Governo do Ceará
2. YouTube (Fontes 1 e 2)
3. Instagram
4. DPA
5. Shamir Medical Center
6. IntegraSUS
7. O Povo
8. Agência Lupa
9. Boatos.org


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.